Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Novembro Azul: dicas de como se prevenir

Conforme o tempo passa, a medicina faz inúmeras descobertas que são impressionantes e beneficiam muito toda a sociedade. Podemos perceber isso pelo fato de que várias doenças que antes eram mortais hoje são completamente controladas a ponto de existirem apenas casos isolados ao longo do ano.

Para que isso seja possível, contudo, não é necessário somente que a ciência continue realizando as suas pesquisas e avanços. É preciso, também, que a população fique atenta às novidades que saem e são disponibilizadas para que, assim, elas possam ser desfrutadas.

As vacinas, por exemplo, possuem papel de destaque nesse cenário. Isso porque elas são oferecidas em grande escala e ajudam na prevenção e controle de diversas condições, diminuindo as taxas de mortalidade e aumentando a expectativa de vida.

No Brasil, de acordo com o IBGE, a expectativa de vida da população, em 1940, era de apenas 45 anos. Hoje em dia, esse dado aumentou consideravelmente: agora, é esperado que uma pessoa saudável viva até, pelo menos, os 75 anos, e esse número não para de crescer!

Infelizmente, a vacina e diversos outros tipos de remédios não existem para todas as doenças. Existem algumas, por exemplo, que devem ser controladas e prevenidas por meio de exames periódicos e um estilo de vida mais saudável. Esse é o caso do câncer de próstata, que atinge a população masculina.

Para oferecer maior conhecimento sobre a saúde do homem, o Novembro Azul foi criado e, hoje, é bastante popular, já que procura gerar um debate saudável sobre o assunto ao mesmo tempo que estimula a população masculina a ir ao médico. Saiba mais!

Novembro Azul: o que é?

Médico segurando fita símbolo do Novembro Azul

Novembro é o mês conhecido por promover campanhas e ações que dizem respeito ao combate e prevenção ao câncer de próstata. Por isso, passou a ser chamado de “Novembro Azul”, pois remete especificamente à parcela da população que pode ser afetada pela doença.

Embora essa campanha tenha origem australiana, se tornou popular no mundo inteiro. Em 2003, dois amigos decidiram levantar fundos para o combate ao câncer de próstata e, pelo fato de a ação ter sido muito bem recebida, eles passaram a realizar essa ação anualmente, ganhando maior fama mundial.

No Brasil, a questão passou a ser mais abordada no ano de 2008, por meio de ações realizadas pelo Instituto Lado a Lado pela Vida. Essa instituição, que foi criada nesse mesmo ano, possui o intuito de oferecer maior conhecimento sobre a prevenção de doenças e a instauração de um estilo de vida mais saudável.

A principal campanha feita foi chamada de “Um Toque, Um Drible”, que procurava criar um diálogo maior ao redor da saúde masculina e da importância de o homem ir a consultas periódicas para, assim, evitar uma série de doenças graves.

Quatro anos depois, em 2012, a discussão tomou proporções ainda maiores e, a partir daí, diferentes tipos de eventos voltados para a saúde masculina foram criados. Foi nesse cenário que o Novembro Azul surgiu, de fato, no Brasil. Durante todo esse mês, ações com esse foco se tornaram populares. Isso inclui não somente o incentivo à ida ao médico mas também campanhas e palestras que mostram o quão importante é quebrar a ideia de que o homem é um ser forte e “durão” que não pode falar sobre esse tipo de preocupação.

Apesar de o mês procurar falar sobre a saúde do homem em geral, o combate ao câncer de próstata se tornou o protagonista, já que afeta muito essa população e ainda existem muitos estigmas em volta de sua prevenção e exames.

O câncer de próstata

Médico e paciente sentados

A expectativa de vida dos homens, quando comparada à das mulheres, é mais baixa. Isso acontece por uma série de razões, sendo que a principal delas é o fato de que o homem toma menos cuidado com a sua saúde, ou seja, ele vai menos ao médico e possui certo receio de falar sobre seus sintomas. Por esse motivo, o câncer de próstata se tornou a segunda maior causa de morte por câncer entre os homens, de acordo com o Ministério da Saúde.

Você também pode gostar:

A doença, que é bastante comum, aparece de forma silenciosa na maioria das vezes. Sendo assim, os exames preventivos periódicos são a melhor chance de se obter um diagnóstico cedo, o que aumenta as taxas de sobrevivência.

Muitos homens possuem receio do toque retal e, por isso, acabam negligenciando a sua saúde. Entretanto, é preciso ter em mente que esse exame é de extrema importância e, por isso, não pode ser deixado de lado. Juntamente com a biópsia e o exame de sangue, ele ajuda a salvar vidas!

Como fazer a prevenção?

Homem esticando cueca

O autocuidado é um dos principais pontos levantados pelo Novembro Azul. Por isso, os métodos de prevenção ao câncer de próstata são bastante discutidos por todas as campanhas.

Levar uma vida saudável é meio caminho andado para se evitar qualquer tipo de doença. Nesse cenário, é importante ressaltar que isso envolve não somente uma alimentação balanceada e nutritiva mas também a realização de exercícios físicos.

Também é importante evitar o consumo excessivo de álcool, por exemplo, assim como não é recomendado fumar qualquer tipo de cigarro.

Além disso, voltamos a ressaltar que a visita periódica ao médico é imprescindível. Por meio dela, você tem a certeza de que não possui nenhum tipo de doença séria e, caso tenha, pode captá-la em fase inicial, o que facilita o tratamento e aumenta as chances de se obter um resultado positivo.

Quais são os sintomas?

Homem com mãos sobre órgão genital

O nosso corpo fala com a gente. Sempre que algo não funciona como o esperado, ele nos envia sinais. Às vezes eles podem ser bastante sutis e silenciosos e, por isso, devemos ficar atentos a eles.

O Novembro Azul foca bastante nos sintomas do câncer de próstata. Assim, é possível que todos os homens possam perceber que algo está errado com mais facilidade e, assim, procurar ajuda médica.

Apesar de essa doença ser bastante silenciosa, é possível que ela apresente alguns sinais em sua fase inicial. Os principais deles são: dificuldade de urinar, sangue na urina, necessidade de urinar com mais frequência, diminuição no jato de urina e demora em começar ou terminar de urinar.

O autodiagnóstico, além de não ser exato, também não aponta quais são os melhores métodos de tratamento. Por isso, é sempre muito importante procurar por um médico assim que você percebe qualquer um dos sintomas acima. Ele fará os exames necessários e, assim, poderá proceder da melhor forma.

Apoie o Novembro Azul!

Homem com mãos em torno de laço azul, símbolo do Novembro Azul

Por meio de diversas ações realizadas pelo Novembro Azul, vidas são salvas. Isso porque elas incentivam os homens a procurarem um médico e, dessa forma, o diagnóstico precoce é feito.

Conheça algumas das ações que são realizadas durante este mês:

• A realização de ações feitas pelo Ministério da Saúde que procuram promover maior conhecimento sobre a saúde masculina;

• A adoção de campanhas em ambientes corporativos também se tornou bastante popular. É comum que os funcionários se vistam de azul de forma a dar maior visibilidade à causa. Algumas empresas até mesmo criam uma conversa mais aprofundada sobre o assunto;

• Palestras realizadas por profissionais da saúde que explicam a importância da prevenção e do tratamento.

Sendo assim, apoie o Novembro Azul! Você pode procurar por campanhas voltadas especialmente para esse tipo de causa ou até mesmo conversar com os seus amigos sobre a importância desse tipo de cuidado.

É com esse tipo de discussão, promovida e estimulada pelo Novembro Azul, que conseguimos remover uma série de estigmas ao redor do comportamento esperado pelo homem. Assim, a população masculina se sente mais à vontade em cuidar de sua própria saúde ao saber que não será julgada por isso. Faça parte desta luta!

 

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.