Horóscopo chinês

O Horóscopo Chinês é um estudo dos astros baseado nos anos lunares e nas características e jeito de ser dos animais, tudo isso alicerçado nas práticas e ensinamentos budistas.

Seu Horóscopo é:

Cão

GOU

  • Horas:19h às 21h
  • Direção:Oeste-noroeste
  • Mês Favorável:Abril
  • Elemento:Metal
  • Polaridade:Yang
  • Planeta Regente:Vênus
  • Metais:Bronze
  • Pedras:Diamante Rosa
  • Dia da Sorte:Sexta-feira
  • Erva:Jasmim
  • Perfume:Alfazema
  • Número da Sorte:7
  • Cores:Rosa e Azul
  • Flor:Hortênsia
  • Planta:Macieira

Saúde: Sistema nervoso e as extremidades dos membros inferiores sensíveis a doenças.

Defeitos: São frequentes as crises de pessimismo e de nervosismo, pela própria natureza do signo, além de depressão. É ambicioso até demais.

Características: Dotado de uma criatividade artística sem limites, o nativo do Cão se realiza e realiza seus sonhos através da arte, atingindo cedo ou tarde a fama e o reconhecimento.

Possui uma facilidade enorme de conquistar as pessoas e seduzir o sexo oposto, estando sempre à procura de uma grande paixão. Quando a encontra, dedica-se totalmente à pessoa amada, dando e exigindo na mesma medida. Valoriza muito o sexo e nada é mais estimulante para ele que encarar uma nova conquista, quanto mais difícil, melhor. Espalha bondade e otimismo ao seu redor, mantendo sempre em evidência sua popularidade. O romantismo e a força dos desejos são poderosos elementos motores que movem suas ações, principalmente porque buscam o belo e a harmonia nas pessoas, em decorrência da sua natureza sensível e apreciadora da estética perfeita.

Hospitaleiro e cordial, sabe receber como ninguém, preocupando-se com o bem estar de todos os seus convidados e sendo o mais agradável possível com eles, coisa que lhe é muito fácil. Sua segurança o torna o amigo preferido para a busca de um conselho e uma orientação. Sabe pesar muito bem os prós e os contras, antes de chegar a uma conclusão ou tomar um partido.

No amor é fiel e dedicado, embora um tanto pessimista e desconfiado. Quando se apega demasiado a uma pessoa acaba criando uma dependência quase mórbida, que o torna ciumento e possessivo, incapaz de ver os aspectos positivos da relação. O medo de ser desprezado ou abandonado o aterroriza.

Quer ter certeza de suas escolhas? Faça uma consulta esotérica e ouça conselhos preciosos!

Faça outra consulta