Compartilhar

por Renata Parisotto

Campanha por um mundo sem reclamações

Estava pensando qual seria o assunto do meu próximo artigo e tenho visto que ultimamente as pessoas só tem reclamado de tudo. Seja de política, de aumento de combustível, seja de espera em fila, de muito calor, seja de enchente, seja… Ai, cansei. Elas estão completamente impacientes e imediatistas. Não sei se é essa enxurrada de redes sociais que as deixa com pressa de tudo ou algo energético que perdura no ar.

Lembrei-me de um post que havia publicado em meu blog há alguns anos de uma, digamos, técnica chamada: a pulseira da reclamação.

Funciona assim: a pessoa coloca uma pulseira no braço, com o objetivo de manter a pulseira nesse braço por 21 dias consecutivos, sem reclamar. 21 dias é o tempo mínimo necessário para se criar um novo hábito. Só que a cada reclamação, crítica, qualquer uma que seja, a pessoa deve trocar a pulseira de braço e começar a contagem dos dias de novo, imediatamente.

A pulseira é apenas um lembrete, o que vale mesmo nesse desafio é adquirir mais consciência de si e posse.

Aprenda a se controlar e deixe para trás as reclamações!

A ideia veio do pastor Will Bowen, da igreja cristã do estado do Kansas. Ele criou uma campanha em Julho de 2006, chamada “A Complaint Free World”, que estimula as pessoas a não reclamarem, criticarem ou serem sarcásticas durante um período de 21 dias. A ideia explodiu em todo o mundo e 3,6 milhões de pulseiras foram enviadas para pessoas em mais de 106 países.

Através da página da internet é possível adquirir gratuitamente o bracelete, produzido para que as pessoas se lembrem que prometeram ser mais pacientes e não reclamar.

A distribuição é gratuita. Contudo, quem adquirir as pulseiras tem a opção de fazer uma doação em prol da causa.

Relato de experiência

Pessoalmente não me acho uma pessoa reclamona, porém ao começar o "tratamento" me dei conta de quantas vezes faço isso por dia, digo fazemos, porque comecei a observar também as outras pessoas, no dia a dia, seja na rua, em comércios, é descomunal a coisa. Em filas nem pense em observar os outros, que você enlouquece. Assustei comigo mesma, outro dia reclamei que tinha acabado o azeite e que tinha que abrir uma embalagem nova, coisa que fiz em uns cinco segundos, acho, e aí, lá fui eu começar tudo de novo. O teste maior é no trânsito… Situação delicada!

Outro dia entrei em uma papelaria e quase tapei os ouvidos, era a dona e a cliente reclamando cada uma de uma coisa, uma porque tinha que viajar e a outra porque tinha que comprar um presente para uma festa… Quase que falei da pulseira, mas saí correndo antes.

Segundo o site, uma pessoa reclama em média de 15 a 30 vezes por dia. Eles relatam que normalmente cada pessoa leva de quatro a 10 meses para concluir os 21 dias consecutivos sem reclamar.

Contudo, recomendo a todos a passar pela experiência. Isto não é fácil, mas vale a pena!

Compartilhar

Renata Parisotto

+ artigos

Arquiteta há 13 anos, trabalha desde 2004 com Feng Shui e técnicas terapêuticas. Faz atendimentos e consultorias de autoconhecimento energético através do Alinhamento Energético – Divina Vontade (Técnica Xamânica Brasileira de Cura), e atendimento com as Lâminas Sagradas de Alinhamento Energético. Também tem um Grupo de Estudos de Terapias Energéticas e faz palestras e workshops com o tema "Aprenda a Organizar a sua Vida através do Feng Shui Energético".