Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Quarta casa: tudo sobre a família no mapa astral

O mapa astral mostra, em doze casas, todos os segmentos da nossa existência. Cada casa representa uma parte de nós e todo o conjunto do mapa astrológico representa a nossa vida. A quarta casa, em específico, representa a família, a nossa base, de onde viemos, nossas origens, nosso lar, nossas raízes.

Portanto, a quarta casa, que abriga o signo de Câncer, nos mostra tudo sobre nossa família, nossas principais emoções, nossa base psicológica, nossa ancestralidade e tudo o que acontece em nossa vida em relação a isso.

A casa de Câncer mostra nossa história e nossa essência. De onde viemos e para onde sempre pensamos em voltar quando precisamos. Ou seja, nossa base familiar, nossa segurança familiar. Por isso, essa casa representa nossa mãe, nosso pai, nossa herança emocional vinda dessas pessoas importantes para a nossa formação.

Os planetas que estão posicionados na casa de Câncer em seu mapa astrológico mostram quais os sentimentos que mais regem suas ações nessa área, mostram a forma que você foi criado e a forma que você lida com o seu lar e com a sua família.

Por isso, caso você tenha problemas familiares, por exemplo, com certeza eles irão aparecer na casa quatro do seu mapa astral. E se a sua relação familiar for forte e bem estruturada, isso também será visível no mapa.

Por ter esse significado mais profundo de toda a nossa origem e nosso começo de vida, a casa quatro também é conhecida como Fundo do Céu (inclusive, forma um ponto como Meio do Céu, representado pela casa 10).

O planeta regente da casa quatro é a Lua. Esta casa tem como aspectos positivos o instinto maternal ou paternal, a sensibilidade, a intuição, o acolhimento, o companheirismo, a emoção. Já como aspectos negativos, entram os medos, a inconstância, o forte apego ao passado e à história de vida, superproteção, carência em excesso, desequilíbrios emocionais.

Inclusive, a quarta casa do mapa é responsável por toda a hereditariedade que recebemos – inclusive aquelas características dos nossos pais, que rejeitamos e juramos que nunca faríamos igual a eles, mas, mesmo contra a nossa vontade fazemos, pois o nosso histórico genético e laços familiares falam mais forte do que nosso desejo, nesses casos.

É claro que outros aspectos do mapa também nos mostram informações familiares, além da casa quatro. O posicionamento dos astros no restante do mapa nos influencia de determinada forma e nos fornece informações diferentes. Por exemplo: a Lua nos mostra o que recebemos de nossa mãe, como reagimos com ela e o nosso emocional. Já Lilith está associada a nossa intuição e percepção. Saturno nos mostra o nosso lado paternal e nossa relação com nosso pai e nossa hereditariedade, e assim por diante.


Artigo escrito por Giovanna Frugis da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.