Compartilhar

por Ellen Mützemberg

Acreditar em si mesmo, é o primeiro passo

De todas as coisas que a vida nos traz, acreditar que tudo é possível pode ser a melhor delas. Hoje quero falar sobre sonhos, vontades, metas, objetivos e sobre quem está junto e quem não está. Muitas vezes deixamos de fazer algo por medo de não agradar a nossa família ou quem a gente ama e com isso, sonhos podem ir embora, objetivos podem ficar mais longe e a insatisfação consigo mesmo acaba vindo.

A questão é que a sociedade em que vivemos hoje anda tão egoísta, que é difícil compartilhar vitórias e conquistas, pois como já diz o ditado, “todos até querem te ver bem, mas nunca melhor que eles”. A coisa mais comum é o ser humano que está em fase de crescimento pessoal e profissional, esperar um apoio da própria família, se espera um incentivo maior e uma certeza de que se nada der certo, eles estarão ali pra te consolar e não deixar a peteca cair, mas e quando isso não acontece? E quando você menos espera, a sua família te vira às costas? Se ao invés de te por pra cima, ela te afunda mais ainda? O que fazer? Aí a luta começa dentro de você.

Você começa a se auto apoiar, a se auto incentivar e começa a ir atrás dos seus sonhos e objetivos; se auto aconselhando, acreditando no seu potencial e querendo provar para si mesmo de que você é capaz de subir na vida e de que tudo é possível quando se tem coragem, perseverança e insistência. A regra básica da família seria dar um suporte, mas não estou falando de suporte material, estou falando de suporte emocional, o que acredito ser essencial para não perder o entusiasmo em ir atrás do que se quer. Quando há falta desse tipo de suporte, há falta de amor, respeito, apoio. E a pessoa que percebe que não tem isso, começa a se afastar da família, começa a procurar apoio em outras pessoas e depois vem a cobrança: “por que você está tão longe da gente, a sua família?”, você para, analisa e simplesmente responde com um olhar “porque simplesmente ninguém me apóia, só sabem me colocar pra baixo”.

Não há ninguém no mundo que possa fazer tudo por você, senão você mesmo. O incentivo da família e de pessoas que amamos, é de fato muito importante, mas quem irá te dar tudo isso de forma verdadeira e sem o risco de te por pra baixo, é você mesmo. Acredite em você, seja quem você sempre desejou ser, faça aquilo que te dá vontade, não importa o que vão dizer. Se te faz bem e é o que você quer, vá atrás, vá a luta e prove a si mesmo de que você é capaz de tudo e se sinta realizado! Agrade somente à si mesmo, não espere dos outros aquilo que você faria se fosse ao contrário, pois como eu disse, a sociedade como um todo está egoísta demais, não adianta você falar de suas conquistas para todos os ventos, porque ninguém talvez se importe, guarde pra você e apenas quando sentir que quem está do seu lado quer realmente que você seja feliz e que te apóia, aí sim, você compartilha o que sente e o que conseguiu até aqui.

"Se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo. Quem acredita sempre alcança." (Renato Russo)

 

Compartilhar

Ellen Mützemberg

+ artigos

Estudante de jornalismo, apaixonada pela leitura e por consequência disso, acaba tendo uma coleção de livros. Nas horas vagas procura tirar fotografias. O que não pode faltar em sua bolsa e no seu dia a dia é um bom livro.

email [email protected]

instagram @ellenmutz