por Maria Eunice Sousa

Energias astrais de julho

Se o mês de junho foi um pouco travado, arrastado, doloroso e chatinho, o mesmo não pode se dizer sobre o mês de julho, que é um mês que vem cheio de ação e demanda de nós muitas atitudes e ações decisivas. Do que estou falando? Você sabe que estamos vivenciando o ciclo de Câncer, o Sol está trafegando o signo de Câncer até o dia 22 de julho. Além do Sol, nós também temos o planeta Marte trafegando este signo. 

De um modo geral, quando temos esta energia de Câncer enfatizada, isso sinaliza um momento importante de nos cuidarmos melhor, de investir na alimentação e na nutrição, tanto fisicamente falando quanto em termos emocionais. É o momento de cuidarmos melhor da família, da alma, dos laços amorosos e de tudo aquilo que faz bem ao nosso coração. 

Porém, não é só romantismo e doçura que este mês traz! Porque enquanto o Sol e Marte trafegam Câncer, eles vão se deparar com os desafios representados por Júpiter, Plutão e Urano. 

Como você sabe, Urano e Plutão estão trafegando, respectivamente, os signos de Áries e Capricórnio, eles estiveram em quadratura por diversos anos e, embora não estejam mais em aspecto exato, toda a vez que um planeta pessoal passa por um dos signos cardinais, eles têm que enfrentar os desafios representados por esses planetas. Então, a nossa alma infantil e carente é chamada para amadurecer, precisamos adquirir mais resiliência e maturidade emocional. Não adianta espernear, por mais que estejamos românticos e vulneráveis, é hora de crescer! 

Crescimento é o tema principal da Lua cheia de Capricórnio que ocorre no dia 9 de julho, que é o apogeu deste ciclo canceriano. A Lua cheia traz muitos embates, a criança carente dentro de nós é desafiada a amadurecer, se deparando com um mundo que exige dela disciplina e independência emocional. 

É hora também de parar de reclamar das condições em que crescemos, é hora de deixar de culpar as circunstâncias. Não importa o que aconteceu no passado ou o que a vida fez com você, o que importa é o que você faz com tudo isso daqui para frente. 

Além da Lua cheia de Capricórnio, outro desafio que temos no mês de julho é o planeta Júpiter fazendo quincúncio a Netuno, isso demanda um pouco de cautela porque sinaliza um período em que criamos expectativas altas demais. Acabamos idealizando e exagerando nos nossos anseios, e corremos o risco de nos decepcionar com isso. 

Como Júpiter trafega o signo de Libra, isso implica diretamente nos relacionamentos afetivos e parcerias de trabalho, o que direciona tais idealizações às relações com o que os parceiros podem nos proporcionar. Não há dúvidas, é melhor colocar os pés no chão antes de fazer promessas! 

Além de todas as configurações que dinamizam o mês de julho, também temos a ingressão dos planetas pelos signos. Primeiro, temos Vênus ingressando no signo de Gêmeos no dia 5 de julho e depois ela ingressa em Câncer no dia 31. Também temos Mercúrio que ingressa em Leão no dia 6 e fica neste signo até o dia 25, quando ele ingressa no signo de Virgem, onde ele ficará retrógrado futuramente. Temos Marte ingressando em Leão no dia 20 de julho, seguido pelo Sol que entra no mesmo signo no dia 22 de julho. 

Que este novo ciclo seja dinâmico, produtivo e muito positivo para todos nós! 

Maria Eunice Sousa

+ artigos

Maria Eunice Sousa é formada pelo Centro de Astrologia Psicológica de Londres, fundado e dirigido por Liz Greene, umas das astrólogas mais conhecidas e respeitadas no mundo. É apaixonada pela Arte e está envolvida num projeto novo de ilustrar temas astrológicos em tela. Tem Certificado de Proficiência em Língua Inglêsa e também trabalha como tradutora em Cuiabá. É graduada em Jornalismo e tem mais de 20 anos de experiência em vendas e em atendimento a pessoas. Atualmente atende com Astrologia em tempo integral.