Lua Nova em Escorpião — 4 de novembro de 2021

A Lua Nova simboliza um novo ciclo, um período para dar início a novos projetos e associações que poderão provocar mudanças importantes na vida de cada um. Tudo isso porque ela é o resultado de sua união com o Sol, e suas energias opostas e complementares, Yin e Yang, o feminino e o masculino, indicam que uma só poderá desenvolver seus frutos a partir da germinação da semente do outro.

Entretanto é importante considerar que não há como iniciarmos grandes transformações sem, antes de tudo, adquirirmos um conhecimento melhor sobre nós mesmos, identificando qual área da vida ou qual comportamento precisa de reajuste ou de renovação.

O ingresso da Lua Nova e do Sol no signo de Escorpião nos favorece a mergulhar nas águas profundas de nossas emoções, a fim de identificarmos em nossa alma a natureza dos sentimentos que uma paixão desperta em cada um de nós, seja por um projeto profissional, seja por uma pessoa.

Sendo assim, a energia de Escorpião não nos poupará de enxergar a realidade como ela realmente é, usando o veneno de seu ferrão para extirpar as dores emocionais ocultas que nos adoecem, enfraquecendo nosso ânimo e determinação em iniciar uma nova jornada e de sermos bem-sucedidos.

Mulher branca fazendo coração com as mãos.

Por essa razão, nesta semana ficaremos mais sensíveis às forças intensas e transformadoras desse signo, que nos impele a aceitar mais facilmente a impermanência das coisas e a abrir mão de situações cotidianas e de relacionamentos que não colaboram nem com o nosso desenvolvimento pessoal, nem com nossa saúde psicológica.

Em contrapartida, esse mesmo veneno pode também ser usado com a finalidade de destruir o que ainda pode ser transmutado ou mudado, principalmente quando Lua e Sol recebem um aspecto desarmônico do planeta Urano no signo de Touro, e Saturno em Aquário.

O aspecto desarmônico de Saturno em Aquário a Lua e Sol pode mexer com nosso mundo emocional, com nossa vitalidade e autoconfiança para empreendermos e concretizarmos nossos planos.

Sendo assim, podemos sentir total inabilidade ao lidar com os desafios e as pressões da vida, fazendo-nos concluir que o peso de nossas responsabilidades é maior do que podemos suportar.

Como consequência, nossa autoestima poderá ser abalada, a ponto de perdemos o controle de nossas emoções, afetando no modo como nos relacionamos com familiares, amigos e colegas do trabalho e fazendo com que a tristeza, desânimo e depressão se infiltrem em nossa disposição.

Além disso, todo esse sentimento pode ser intensificado pelo aspecto de Urano retrógrado à Lua, uma vez que esse planeta, arquétipo da irreverência, excentricidade e rebeldia, traz mudanças e rupturas com o estabelecido, derrubando e destruindo tudo que está à frente.

Você também pode gostar:

Por esse motivo, esse mau aspecto pode provocar em nós reações inesperadas, como a impaciência, ansiedade e irritabilidade, impulsionando-nos a romper com relações sociais e associações profissionais que porventura achamos que estão desgastadas e ultrapassadas.

Todavia, a fim de ainda obtermos proveito desta fase tensa que se inicia, temos que nos manter alerta quanto à intensidade de nossas emoções, tentando controlar suas potências, que podem ser ora destrutivas, ora construtivas.

Devemos procurar emergir das profundezas do mundo emocional regenerados, renovados e fortalecidos para encarar o desafio de manter parcerias profissionais e relacionamentos sociais saudáveis.

Por Erika Pereira