Compartilhar

por Daniel Rama

Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira!

Não adianta falar de bondade enquanto se pensa em maldade.
Não adianta falar que ama os animais enquanto se come carne, mais e mais.
Não adianta falar da natureza, da preservação e viver sem a pureza e sem a compaixão.
Não adianta falar em meditação enquanto não se tem no coração esta verdadeira intenção.
Não adianta falar em equilíbrio enquanto se deseja desarmonia para a grande maioria.
Não adianta falar em perdoar enquanto se adora processar.
Não adianta falar em iluminação vivendo na escuridão.
Não adianta falar em simplicidade enquanto o consumismo te tira essa capacidade.
Não adianta falar e querer ser espiritual pensando apenas no carnal.
Não adianta falar em paz deixando ela para trás.
A mentira tem perna curta, mas há quem curta toda essa enganação!
Mas lembre-se da ação e reação,
Do karma por esta peregrinação.
E quando o fim chegar, talvez não exista o perdão.
Pode-se mentir… enganar e até gostar de se aproveitar,
Mas cedo ou tarde a consciência vai te pegar.
Como disse o Renato do Legião…
“Mentir pra si mesmo, é sempre a pior mentira!”
Então tira! Atira!
Joga para longe toda essa falsidade e comece a viver na bondade e na verdade, pois a vida é linda e só se mostra para quem é de verdade!

Compartilhar

Daniel Rama

+ artigos

Daniel Rama é coordenador da Rádio Praia e responsável pelo Projeto Gatinho Zen que cuida de gatos de rua em Arraial d'Ajuda, Bahia. Formado pela tradicional escola Humaniversidade Holística comoTerapeuta Corporal Tântrico, Reiki, Deeksha, Curadores Energéticos entre muitos outros.

Fez parte do transformador curso Anima Soma.

Ministra curso de massagens e autoconhecimento para casais, além de divulgar e introduzir o vegetarianismo e veganismo a todas as pessoas que o procuram.

Possui outro Projeto chamado Aldeia do Despertar, onde leva para diversos locais do Brasil seu espaço de música, cultura alternativa, consciência, relaxamento, cura e redução de danos. Teve seu projeto instalado em grande eventos como a Mystic Fair e Virada Esotérica.

Participou do Festival Mundial da Paz, Festival Universo Paralello entre muitos outros levando mantras ao chill out.
Coordenou o espaço de Cura no Festival Mundo de Oz por duas edições.