por Gustavo Antunes

Ego x Ser

E quando a nossa mente quer uma coisa, mas a nossa alma pede outra?

Nesse plano da dualidade, trabalhamos sempre entre o sim e o não. Nosso ego deseja uma coisa para obter outra no seu papel na sociedade. Só que essa busca do ego é um delírio que encobre os reais motivos para tudo isso. 

Não obstante, quando queremos um cargo ou uma função na sociedade, esse querer traz outra mensagem por trás, traz uma mensagem do que realmente nos falta. Às vezes, a falta de reconhecimento e de atenção vai nos levar a desejar uma profissão que é o avesso do que a nossa alma ou propósito divino nos pede. Isso gera um conflito enorme e tudo o que você conquista na sua vida vem acompanhado de insatisfação e profunda sensação de infelicidade.

Nosso ego é excelente em pintar quadros, é um pintor nato, mas sem essência no que pinta, se torna um braço descontrolado com um pincel poderoso. Esse sentimento de infelicidade vem da falta de algo, parece que por mais que se consiga ainda falta algo, o ego não entende isso, aliás, ele não pode entender, essa tarefa é da sua alma, do seu ser e sua expressão. 

Esse ponto de insatisfação e infelicidade vem do reflexo de uma carência, de uma falta profunda de algo que você não recebeu em sua vida, talvez o amor de um pai, o carinho de uma mãe ou, quem sabe, uma autocapacidade de perceber o seu valor a partir daquilo que você faz.

Leia também: "Controle seu ego espiritual"

Essa capacidade justamente vem de uma boa base e, no geral, essa base é bem falha, faltam muitas engrenagens para que essa máquina funcione com eficiência. Se você cresceu em um meio hostil e perfeccionista, é natural que você cresça sem essa capacidade de perceber o seu valor, afinal, o perfeccionismo é uma meta tão distante e impossível de se alcançar... Mas sabe, na verdade, você já é perfeito como é, sua essência é perfeita e toda ideia contrária a isso é uma ilusão criada pela mente. Esse plano da dualidade também é o da Ilusão, essa é uma lei do universo que rege o nosso plano.

Nas minhas consultas como Terapeuta Thetahealer, percebo muito que às vezes as pessoas não querem seguir o que gostam ou o que a alma diz ser o caminho, pois elas sentem que não serão valorizadas pela sociedade ou amadas pela família, apoiadas e por aí vai... Mas isso é só uma crença, é totalmente possível você se realizar pela sua alma, por sua essência e ser amada, apoiada, valorizada e tudo mais.

A pergunta talvez seja: a que ponto você está disposta a se trabalhar e permitir mudar isso? Lembre-se que a vida é um aprendizado e você pode tirar a pedra do sapato rapidamente ou então passar a vida toda com a pedra e se machucar, até que a ferida se torne você e você perceba que passou a vida toda em função de uma mentira. 

Dói? Dói, mas funciona! 

Gustavo Antunes

+ artigos

Terapeuta Thetahealer, Youtuber (Sem Exagero) e palestrante. "Eu descobri que criar consciência é a única forma de mudar, superar traumas, eliminar crenças e sentimentos negativos que atrapalham o fluir da vida. Meu trabalho tem como objetivo compartilhar e trazer uma nova visão, auxiliando na evolução e transformação da vida das pessoas.