por Equipe Horóscopo Virtual

Incenso natural: como fazer o seu!

Você já pensou em você mesmo fazer seu próprio incenso? É claro que não é tão prático quanto aqueles de vareta, mas você tem uma liberdade maior para criar, se aventurar e até economizar!

Escolhendo a erva

É muito importante levar em consideração o potencial fitoenergético de cada planta, ao invés de escolhe-la aleatoriamente pelo cheiro — não que tenha algo de errado nisso, mas o poder do incenso vai muito além do quesito aromático. Aqui estão algumas opções: 

  • Alecrim — ajuda a liberar os traumas e emoções negativas e também promove o desejo de mudança. 

  • Arruda — ajuda a liberar a vontade de chorar, ajuda a superar a frustração e insatisfação. 

  • Capim Cidreira — ajuda a combater os pesadelos, distúrbios do sono e a ansiedade em geral. 

  • Sálvia — aumenta o poder argumentativo e melhora a comunicação. 

  • Tomilho — aumenta a concentração e a comunicação no trabalho em equipe. 

  • Manjericão — aumenta a busca pela verdade e amplia a consciência. 

  • Hortelã — reduz o estresse e ajuda a clarear os pensamentos. 

  • Jasmim — é a planta do divino, ela promove a purificação das emoções, dos vícios, de algum empecilho no caminho, de tudo!

Preparando o incenso

Antes de tudo, é importante lembrar que as ervas devem estar secas e saudáveis, sempre cortadas a partir do caule — é preciso descartar a raiz. Busque montar seu incenso em dias quentes e secos, só para garantir que a erva não entre muito em contato com a umidade do ambiente. 

Opção 1: 

Esse modo de uso é o menos trabalhoso, você pode simplesmente juntar as ervas e queimá-las em um recipiente apropriado. Simples, rápido e sem segredos. 

Opção 2: 

  • Passo 1: Pegue um fio de algodão e faça um nó na ponta de cada ramo de ervas. Você pode usar apenas um tipo de erva ou mais, o importante é tomar cuidado com a mistura de aromas, já que existem algumas combinações que não são muito agradáveis; 
  • Passo 2: Segure firme e vá enrolando o fio, dando de 3 a 4 voltas no ramo todo, nunca se esquecendo de dar o nó. Enrole o fio até a outra extremidade e certifique-se de que está bem preso e firme — caso não esteja, repita o processo quantas vezes forem necessárias. *Ervas de folhas largas precisam de menos fio, já as de folhas curtas podem precisar de várias voltas até ficarem bem presas; 
  • Passo 3: aguarde algumas semanas para o processo de secagem. Quando estiver pronto, coloque-o para queimar em um local apropriado, apoiando-o onde foi dado o primeiro nó.

Agora que você sabe o poder de algumas ervas e até como montar o seu próprio incenso, aventure-se! Faça os seus incensos naturais e não esqueça de nos contar nos comentários como foi!


Artigo escrito por Amanda Magliaro da Equipe Horóscopo Virtual.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.