Compartilhar

por Ellen Mützemberg

Insatisfação

Algo simples que todo mundo deveria aproveitar: viver a vida. Já falei disso em outro artigo, mas nunca é tarde para reforçar. O ser humano tem dentro de si, o péssimo hábito de apenas dar valor para alguém ou para alguma coisa depois que a perde. Dizer que ama uma pessoa nunca é demais, você não sabe se ela estará viva no dia seguinte para ouvir isso. Cuidar de alguma coisa sua com carinho, também não irá fazer mal algum, você não sabe se o terá no dia seguinte.

Mas voltando a falar sobre as crianças, elas não deveriam perder a inocência e a sinceridade que há dentro de cada uma. Deviam parar com essa bobagem de querer crescer logo, pois assim, não dependem mais dos pais pra nada. Se elas soubessem o quanto é duro seguir sozinho por aí sem ajuda ou apoio de ninguém, com certeza pensariam duas vezes antes de desejarem isso. Ser dependente dos pais não é uma coisa ruim, eles te desejaram, eles querem te ajudar da melhor forma possível e você só dará valor a eles quando eles não existirem mais ou quando todo aquele apoio acabar, aí você vai dizer “quero voltar a ser criança”.

Idas e vindas, rolos e desenrolos... A vida se segue e o caminho pra jornada continua. Se você é um adulto, o seu tempo de criança acabou, é hora de agir com a idade que a vida exige. Faça o que bem entender e para o seu próprio bem, o que passou, passou e ainda há muita coisa pela frente para se encarar.

Compartilhar

Ellen Mützemberg

+ artigos

Estudante de jornalismo, apaixonada pela leitura e por consequência disso, acaba tendo uma coleção de livros. Nas horas vagas procura tirar fotografias. O que não pode faltar em sua bolsa e no seu dia a dia é um bom livro.

email [email protected]

instagram @ellenmutz