Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Planta Comigo-Ninguém-Pode: Afaste as más energias

Se você é uma pessoa que conta com a ajuda da natureza para trazer bons fluidos e proteção para a sua casa, com certeza já ouviu falar dos benefícios da planta comigo-ninguém-pode.

Neste artigo, você vai saber mais sobre essa planta muito popular e resistente que tem diversos benefícios, mas que também pode ser perigosa, demandando muito cuidado no seu manuseio.

Planta comigo-ninguém-pode – para que serve

 

Originária da Amazônia, essa herbácea, conhecida também pelo nome científico Dieffenbachia seguine (daí seu outro nome, difembáquia gigante), tem vastas possibilidades de usos – desde decoração até eliminação de pragas e insetos. Para quem costuma usar o poder das plantas para trazer mais proteção para a vida e para o lar, a comigo-ninguém-pode é uma excelente opção, pois espanta o mau olhado e afasta as energias negativas do ambiente ou da sua vida pessoal.

Como cuidar da planta comigo-ninguém-pode

Descubra quais plantas afastam maus espíritos?

A comigo-ninguém-pode é uma planta de fácil cultivo. Não à toa encontramos com grande facilidade várias mudas nos quintais das casas.
De preferência, ela deve ser cultivada em locais com bastante sombra, evitando-se que fique exposta diretamente ao sol. O espaço precisa ser grande (tanto em altura como em largura, já que a planta pode alcançar dois metros de altura) e o solo precisa ser rico em matéria orgânica.

O que fazer quando as folhas ficarem amarelas?

5 plantas para purificar o ar da sua casa

Como todas as plantas, a comigo-ninguém-pode também está sujeita a doenças que acabam por fazer com que as folhas fiquem amarelas. O amarelamento é decorrente da falta de clorofila. Os motivos para esse problema podem ser vários: deficiência de nutrientes, ataque de pragas, regas excessivas ou insuficientes, raiz podre, entre outros. Em primeiro lugar, é preciso identificar a origem do problema. Depois disso é só tomar as devidas precauções para tratar o dano e evitar novos estragos.

Destacamos aqui alguns casos que você pode identificar, além de suas possíveis soluções. Mas lembre-se: é sempre preferível encontrar alguém com experiência para resolver problemas mais graves.

Folhas amareladas e atrofiadas podem indicar podridão na raiz. A solução pode ser o replantio da comigo-ninguém-pode em um vaso que tenha um solo bem drenado. Regue a planta somente quando pelo menos 2,5 cm da parte superior do solo estiverem muito secos. Mas não regue em excesso.

Folhas inferiores amareladas ou caindo podem indicar deficiência de nutrientes ou raízes presas ao vaso. Em caso de deficiência, procure alimentar a planta a cada um ou dois meses. Durante o inverno, alimente sua comigo-ninguém-pode uma ou duas vezes, seguindo sempre as instruções contidas na embalagem do produto. Se o problema estiver relacionado às raízes presas, transplante a comigo-ninguém-pode para um vaso mais largo e mais profundo que o atual (em média dois a cinco centímetros a mais).

Folhas queimadas nas bordas e folhas novas atrofiadas sugerem excesso de fertilização. A solução é jogar água no vazo até escorrer pelos furos no fundo, de forma que se elimine o excesso de sal e de fertilizante. Prefira plantar a comigo-ninguém-pode em um vaso com uma drenagem boa, assim não haverá acúmulo de sal ou fertilizante. Faça esse processo pelo menos uma vez por mês.

Folhas amareladas com um aspecto de mancha podem indicar infestação de ácaros. Verifique se há também alguma teia próxima aos eixos das folhas. A infestação por ácaros deve ser controlada por meio de produtos acaricidas. Nesse caso, procure um que seja menos tóxico e feito para plantas caseiras. Para sua segurança (principalmente se você tem crianças ou animais de estimação), procure um serviço especializado e evite acidentes.

Como usar o poder de proteção da comigo-ninguém-pode

Como as fases da Lua influenciam o crescimento das plantas?

Separamos aqui dois rituais poderosíssimos para ajudar a trazer mais proteção e sorte para a sua vida. Confira.


Contra o mau olhado

Em um vaso de barro, plante uma muda de comigo-ninguém-pode e deixe perto da entrada de casa. Em volta do vaso, distribua três pratinhos. Em cada um deles, cuidadosamente coloque uma vela branca, oferecendo cada uma aos arcanjos Gabriel, Rafael e Miguel. Ao lado de cada vela, coloque uma rosa branca. Assim que as velas acabarem de queimar, enterre no vaso os restos, junto com as rosas. Os pratinhos podem ser usados normalmente após serem lavados. A planta deve ser bem cuidada. Caso morra, o ritual deve ser repetido. Lembre-se de sempre lavar bem as mãos após manusear a comigo-ninguém-pode.

Para atrair prosperidade

Este ritual deve ser feito numa quarta-feira, pela manhã. Distribua sete folhas de comigo-ninguém-pode e algumas folhas de guiné em um prato. Arranje as plantas de modo que formem um círculo. Coloque no meio desse círculo um pires com uma vela branca acesa. Reze três pais-nossos e três ave-marias. Logo após isso, repita: “Meu anjo da guarda, venho lhe pedir que ilumine meu caminho para o sucesso eu conseguir”. Após as velas derreterem, enterre seus restos junto com as plantas em um vaso com flor. Essa flor pode ser cuidada por quanto tempo você desejar. Ah, não se esqueça de lavar bem as mãos após o manuseio das plantas, em especial a comigo-ninguém-pode. 

Mas tome cuidado, porque a comigo-ninguém-pode é uma planta venenosa

Apesar dos benefícios e da abundância nos jardins, é preciso ter muito cuidado com a comigo-ninguém-pode, porque ela não tem esse nome por acaso. Em suas folhas, há pequenos cristais muito alongados, finos como agulhas e formados por uma substância chamada oxalato de cálcio. Esses cristais podem provocar irritação, pois perfuram as mucosas. Além das feridas, a planta contém agentes químicos altamente tóxicos, que podem desencadear um processo inflamatório. Em caso de ingestão ou de simples mastigação, podem ocorrer sintomas como irritação da mucosa, inchaço, dor e queimação nos lábios, na língua e no céu da boca, salivação, dificuldade de engolir, náuseas e vômito e cólicas abdominais. Em casos mais graves, já houve relatos de mortes em decorrência da ingestão dessa planta. O simples contato com a pele, porém, também causa problemas, portanto todo cuidado é pouco. Não se esqueça de usar luvas e proteção ao manusear as folhas. Após o contato, sempre lave bem as mãos. Importante: se você tiver crianças e animais em casa, mantenha-os afastados da planta e preferencialmente cultive-a fora de casa, longe do alcance deles.

Pronto! Adote todos os cuidados tanto para evitar acidentes por envenenamento ou irritação quanto para evitar que as folhas fiquem amarelas e que sua planta fique feia ou doente, deixando de embelezar a sua casa e proteger você dos maus fluidos.  

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.