Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Signos e os 12 fantasmas

Existe uma lenda mexicana que conta sobre uma casa assombrada por 12 fantasmas. Essa lenda é tão popular que acabou virando um filme, chamado ‘13 Fantasmas’. O que pouca gente sabe é que as assombrações da lenda original são associadas aos “signos negros”, que seriam o lado negro e demoníaco de cada signo do zodíaco. Veja abaixo como cada um dos fantasmas se relaciona a um signo:

O filho primogênito – Áries

É o espírito de uma criança mimada. Diz a lenda que o menino morreu em uma brincadeira de arco e flecha com o seu vizinho. Como era um garoto muito rebelde e impulsivo, ele continuou com essa agressividade depois de morto, e por isso é associado à deturpação da energia do signo de Áries.

O Torso – Touro

É um fantasma de um homem que em vida foi um viciado em apostas. Seu gosto por dinheiro e vida boa fizeram a sua fama, até que um dia perdeu uma aposta e não tinha como pagar. O outro jogador picou ele em vários pedaços e jogou os restos do corpo no mar. Por isso, seu espírito é visto somente como um torso humano ambulante. O vício pelo dinheiro demonstra o lado mais negativo do signo de Touro.

A Serva – Gêmeos

Foi uma garota que em vida era uma das mais populares da escola. Vinha de uma família rica e o que mais gostava era de diversificar seus casos amorosos. Conquistou e arrasou inúmeros corações dos garotos, até que um deles se vingou quebrando o seu pescoço. A falta de escrúpulos em pular de um namoro para outro faz a fama de um mau geminiano.

A amante recatada – Câncer

Uma mulher passa a noite de Natal com o seu marido e seus dois filhos. A lareira é acesa. Porém, ao dormirem, uma fagulha pula da lareira e inicia um incêndio na casa toda. A mulher é morta queimada e o seu espírito permanece angustiado até os dias de hoje na casa de sua antiga família. Um fantasma que mostra o apego à família que um canceriano possui, até em casos extremos após a morte.

O príncipe dilacerado - Leão

Um jovem era a estrela promissora de Baseball de sua pequena cidade. Até o dia em que imaginou ser capaz de ganhar qualquer disputa. Aceitou provocações e entrou em uma corrida de carros. Capotou três vezes. Ele morreu pegando fogo preso entre as ferragens do carro. Esse fantasma mostra o orgulho de um leonino que pode levar até a morte se não for controlado.

Princesa psicopata – Virgem

Esse é um fantasma de uma garota que era obstinada pela perfeição em sua aparência. Ela fazia de tudo para isso. Fez muitas e muitas cirurgias plásticas, até que um dia uma delas deu errado, e a garota ficou cega de um olho. O sofrimento foi tanto que ela se matou cortando as suas veias no banheiro de casa. Esse espírito perturbado mostra o extremo doentio da busca pela perfeição virginiana.

A peregrina – Libra

Uma garota saiu de sua cidade natal em busca de um lugar melhor para viver. Para o seu azar, quando decidiu morar em uma outra cidade, os animais de lá começaram a morrer. As pessoas a acusaram de bruxaria, mesmo ela querendo ficar em paz com todos. A prenderam, lhe apedrejaram e deixaram a garota morrendo de fome. A vontade de deixar tudo em paz de uma libriana não ajudou quando ela estava em um lugar com ameaças iminentes de morte.

A mãe cruel e seu filho grande – Sagitário e Escorpião

A mãe era uma anã. Ela quis se esconder do mundo, mas acabou parando em um circo. Fazia a todos rirem de seu tamanho. Foi humilhada até um dia em que foi estuprada por um gigante. É uma ironia que a sua capacidade de fazer os outros rirem a levasse a uma desgraça dessa. É um medo que nenhum sagitariano gostaria de passar.

O filho desse estupro nasceu gigante. O gigante amava a sua mãe e tinha sentimentos profundos por ela. Porém, ao vê-la sendo humilhada e maltratada, guardava um imenso ódio em seu coração. O dia que a sua mãe foi morta, a vingança foi a mais extrema que um escorpiano pode ter. Ele matou brutalmente quase todos do circo. Só foi parado quando o mataram antes de terminar todo o massacre.

O destruidor – Capricórnio

Esse fantasma foi em vida um ferreiro honesto. Era justo, mas foi acusado de roubo por outro homem da cidade. Ele negou e não quis se envolver com o assunto. O outro homem perseguiu e matou a sua esposa e filho, despertando, assim, a ira do ferreiro. Ele matou o algoz de sua família com o seu imenso martelo, mas por consequência o povoado o julgou culpado e pregaram o ferreiro em uma árvore com os seus próprios instrumentos de trabalho, tendo o seu martelo colocado no lugar de um de seus braços. A justiça capricorniana não funcionou muito bem para um honesto ferreiro, principalmente quando ele perdeu o controle de sua ira.

O Chacal – Aquário

Um filho de uma prostituta tinha uma obsessão por mulheres. Tanto que começaram a achar que ele não tinha a cabeça no lugar, era meio louco. Prenderam o rapaz em um manicômio, mas a sua loucura era tão intensa que ele rasgava a camisa de força e arranhava as paredes até dilacerar as suas mãos. Colocaram uma gaiola em sua cabeça para tentar imobilizá-lo. Um dia, o manicômio pegou fogo e todos fugiram, exceto o louco da gaiola. A loucura de uma mente aquariana pode ser doentia quando ela está além dos limites do que é saudável para qualquer pessoa suportar.

O senhor do mundo – Peixes

Um gigante foi abandonado pela mãe e teve seu destino nas mãos do pai, que o colocou para fazer trabalho forçado. Sua solidão em meio a esse cenário fez ele desenvolver uma habilidade fora do comum para a destruição. Quando seu pai morreu, ficou louco de vez e começou a dilacerar pessoas que conseguia raptar, até que homens armados conseguiram executá-lo com mais de 50 tiros. A solidão pisciana é levada ao extremo nesse caso, onde a única consequência possível era a loucura.


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.