por Aline Camargo

Sol em Escorpião

Dia 23, o sol deixou a balança e ingressou em escorpião com a dança dos planetas e seus aspectos tensos, o sol que teve seu grau 0 pela casa 08 do mapa, deixa indicações de profundidade para o momento e quando não há cuidado, um desapego forçado.

A lua estava em peixes, conjunta netuno na transição da casa 12 para 01, do profundo inconsciente para o eu que se apresenta. Se peixes é a água mutável, esse ingresso foi marcado pela realidade nada platônica. O poço escuro, úmido e frio de escorpião dita a realidade nua e crua dos próximos dias.

Escorpião também é água, aqui também cabe o drama nosso de cada dia, mas com requintes de crueldade para quem o recebe e gosto de comida reservada para os nativos desse sol. Vale lembrar, se seu caso não for de sol em escorpião, ele pode estar pelo seu mapa, forte e a espera de uma reação.

Nesse ingresso, mercúrio libra estava tenso com o regente de escorpião, era com plutão em quadratura exata que os pensamentos armam o nó e precisam amadurecer antes de cair na ausência do pensar. O exagero da fala está presente e permanece enquanto o sol transita por escorpião, o cuidado maior será de não aumentar o micro ponto da fala.

Seja como for, escorpião é desconfiado e reativo, antes de qualquer reação, o ataque é sua primeira instância, como se não soubesse se compor de outra forma. Se deixar tempo para amadurecer o pensar, relaxar a reação verá que não há muita necessidade para ser tão ferrão assim. Para tanto, há a necessidade de se olhar e abrir mão de comodismos ou manias não mais necessárias para o agora.

O convite aqui é de mergulhar em seu próprio poço, observar cada curva do intestino e se livrar de pesos extras que nada são além de pitadas nocivas para si e para o outro, que se afasta e deixa o vazio como alerta. Escorpião é regido por marte e plutão, um está em virgem olhando as engrenagens, o outro segue por capricórnio abrindo espaço para compromissos reais.

Para seguir bem pelos tempos de sol em escorpião, o necessário é amadurecer, desapegar e parar de ficar pensando com o ferrão, que fica no fim do rabo bem longe da massa pensante da cabeça do nativo. Aproveite para abrir espaço para o necessário ao invés de ficar ali só no rancor da sombra dolorida se achando o salvador da razão.

Escorpião quer poder e exagera no ciúme e na posse, escorpião quer o mundo ao seus pés.

Aline Camargo

+ artigos

Aline Camargo é astróloga atuante há oito anos, com formação em astrologia clássica e contemporânea. Também trabalha com o tarô dos Orixás há dez anos.

Em contato com a religião Afro-Brasileira desde os sete anos, tornou-se estudiosa do Culto Africano no Brasil em 1998. Leciona aulas em grupo ou individual sobre astrologia e taro dos Orixás. Realiza ainda cursos livres de filosofia para compreender melhor o consulente e na prática do atendimento.

Facebook: Dança dos Planetas