por Vinícius Francis

Como lidar com a raiva e curar as mágoas?

Conversar com as nossas inquietações emocionais é a melhor forma de compreendermos o nosso mundo interno e entender aquilo que a alma está tentando nos dizer. Respondi um e-mail de uma cliente da MT, que tem sentido muita raiva emergir no processo de limpeza interna. E o que eu a orientei que fizesse para liberar isso é o mesmo que passo aqui para vocês:

Pergunte para o seu corpo

Por que eu estou com raiva? Do quê? De quem? E por qual motivo?

Compreenda a razão de se sentir desse modo 

Depois, analise se é necessária alguma ação a respeito, seja ela qual for. Se não há o que fazer, aceite, perdoe, libere, deixe para lá. A raiva é um impulso de ação. Se não há nada que possa ser feito a respeito de algo ruim que aconteceu, então, recue a raiva e converta essa energia (pelo processo de aceitação) em uma nova rota de vida. Mas se há o que ser feito, faça, tome a atitude de enfrentar a situação com sabedoria e firmeza. E a força da raiva será canalizada e utilizada no movimento de resolução do problema. O importante é nunca guardar nada, tampouco encontrar fora algum responsável. É dentro da gente que dói, então é lá que está o problema e não nos outros. Assim, você ficará bem, como merece. 

A mesma coisa é quando tratamos da mágoa. O que é mágoa senão raiva contida? Toda raiva contida vira ódio, por isso a necessidade de trabalharmos naquilo que sentimos. A mágoa nasce da culpa ao outro por algo que nos aconteceu de ruim. Alguém feriu as nossas expectativas, nos decepcionou, nos traiu, mentiu para nós e isso nos machucou. Então, não conseguimos perdoar, nem aceitar e compreender o que houve. Assim, contraímos uma mágoa. É um estado de ódio do outro por termos sido feridos por ele, pelo menos essa é a visão que temos da coisa e é justamente essa visão que causa a mágoa e a mantém viva.

A dificuldade em aceitar os fatos da vida e experiências ruins que vivemos com outra pessoa, brota da visão de que fomos vítimas. Assim sendo, o outro é totalmente responsável pelo que aconteceu comigo, ele é o ruim, o mentiroso, sem coração, é assim que normalmente uma pessoa magoada julga a outra que, segundo ela, é responsável por seu sofrimento. No entanto, enquanto nos conformamos com isso, nunca conseguimos nos curar e perdoar. E se você quer se livrar de uma mágoa, é só seguir os passos abaixo:

Ninguém é responsável pelas nossas desilusões

Nós nos iludimos e somente nós somos responsáveis pelo que nutrimos do lado de dentro. Portanto, se alguém (ou a própria vida) não correspondeu às nossas expectativas, é nossa tarefa lidar com isso, não a outra parte.

Você não é vítima!

Mesmo que tenham te traído, passado a perna e sido bastante desonestos com você (se esse for o caso), alguma responsabilidade você tem na situação. Se alguém te prometeu alguma coisa e não cumpriu tais promessas, concordo que esse sujeito(a) não agiu com respeito e honestidade. Porém, você acreditou na promessa porque quis, então é responsável também. Se alguém te traiu é porque você é traível, trai a si mesmo e nem se dá conta. Logo, pela lei da atração, você se torna alvo de traições alheias. Tudo o que te ocorre tem afinidade com a forma como você se trata e vibra.

Aceitando que você é responsável pelas decepções e desilusões que vive, fica mais fácil perdoar o outro

O caminho melhor para isso é aceitação e humildade. Ninguém dá o que não tem. Cada um faz o que pode e todos nós erramos. Aceitar que o outro também erra e que você tem parte da responsabilidade, diminui drasticamente o ódio. Parar de culpar o outro é o caminho para a cura da mágoa. Se for em relação à vida (porque sim, existe a mágoa de Deus), aceitar que ela não está aqui para ser como gostaríamos, mas nós que temos a responsabilidade de torná-la especial, é um importante passo para se livrar dessa mágoa.

Aprenda com os seus fracassos

Quando a experiência com alguém ou com a vida nos fere ao ponto de criar mágoas, é porque naquele setor interno estamos fracos e imaturos. Logo, atraímos situações que servirão de estímulo ao amadurecimento. Entenda que tudo o que você sofre foi criado pela sua própria ignorância e necessidade de evolução. Assim, você passará a enxergar as coisas que te acontecem muito mais como lições preciosas do que como injustiças. Saindo da vítima, você assume o comando de si mesmo e, então, pode direcionar suas emoções em um rumo melhor para si mesmo. E finalmente se libertar.

Que o Amor nos cure! 

Vinícius Francis

+ artigos

Vinícius Francis, escritor, canalizador e terapeuta metafísico, cujo trabalho desenvolve-se com base na psicologia humana, espiritualidade, leis do Universo e magia branca, com o objetivo de despertar a consciência divina e resgatar a essência do ser, ofuscada pela educação social e religiosa distorcida.
Sua filosofia de vida é pautada numa espiritualidade independente, onde a felicidade e bem estar são o alicerce de uma vida rica e satisfatória.
Loja Virtual: os-filhos-da-alva.blogspot.com.br