por Equipe Horóscopo Virtual

Diga-me como escreves que direi quem tu és: Grafologia

Por mais que para alguns possa ser muito mais prático utilizar um teclado para digitar o que costumava escrever com a mão há alguns anos, utilizar um lápis ou uma caneta pode dizer mais sobre você do que pode imaginar. A escrita à mão não possibilita apenas identificar se a sua letra é feia ou bonita, mas também traços de sua personalidade. Inclusive há um estudo de análise da escrita denominado Grafologia. Segundo esse estudo de caráter pseudocientífico, apesar da nossa mão escrever obedecendo um fluxo consciente de ideias, quem realmente escreve é o nosso inconsciente, portanto podendo revelar características nossas sem que a gente tenha intenção de revelar ou sequer tenha a percepção, eventualmente, da existência desse determinado traço da nossa personalidade.

Entre os pontos observados de caráter extremamente minucioso, a grafologia observa alguns aspectos como:

- A velocidade da escrita.
- O uso e o espaçamento da parte em branco da folha.
- A inclinação das letras
- A distância entre as letras e entre as linhas
- A distância das margens e a organização dos parágrafos.
- Se a escrita apresenta uma tendência a subir ou a descer.
- O desenho e a curvatura das letras.
- Existência de rasuras e a forma como elas são feitas

De acordo com Lucia Brito de Leal, instrutora do curso de grafologia focado em seleção de funcionários da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS) em entrevista ao Pense Empregos, algumas características da personalidade que são indicadas pela forma de escrever são:

Linha: alinhamento ascendente.
A letra tende a subir sobre a linha. Pessoa extrovertida, empreendedora, otimista.
Letra pequena, miúda.
Reserva, timidez; pessoa minuciosa e detalhista; boa concentração.
Letra grande.
Pessoa expansiva, com facilidade de comunicação, autoconfiante. Também pode ser indício de exibicionismo.
Velocidade de escrita lenta.
Pessoa com tendência à reflexão.
Velocidade de escrita rápida.
Pensamento rápido, ágil. Traço de impulsividade.
Rasuras:
Pode ser indício de estresse, tensão, problemas pessoais. Dependendo de como é feita a rasura, ela também pode fornecer sinais de dissimulação ou mesmo de problemas de caráter.
Letra inclinada para a direita:
Facilidade de relacionamento interpessoal.
Letra inclinada para a esquerda:
Cautela, reserva.
Hastes infladas ou com as pernas longas:
Pessoas mais idealistas e que têm paixão pelo conhecimento alongam ou inflam as letras l, d, g, t e f.
Hastes infladas com laços “gordinhos”:
Criatividade e bom humor se manifestam nos laços de letras como f, g, por exemplo.

 

Vale ressaltar que a grafologia é alvo de críticas na comunidade acadêmica, justamente pela busca em estudar a personalidade sem a existência de uma base científica para as conclusões apontadas. Os críticos da grafologia alegam que não há provas de que a mente inconsciente seja um reservatório que guarda a verdade sobre uma pessoa e muito menos de que a grafologia ofereça um portal para esse reservatório, além de que utiliza regras associativas de caráter simbólico ou analógico sem validade comprovada.

De qualquer forma, o aprofundamento do estudo da grafologia é válido, mas sempre com os pés no chão quanto a complexidade da mente humana que impede a exatidão de qualquer estudo que possa generalizar a definição para um comportamento lógico e racional.

Por Diego Renan Alencar Lorena de Freitas.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.