por Isabel Mueller

Seu signo continua o mesmo. Esclarecendo a confusão

A astrologia lida com referências simbólicas e não com classificações astronômicas de constelações. Uma coisa são os signos e outra as constelações. Não existem 13 signos, continuam sendo 12. Ninguém mudará de signo.

Devido ao movimento de precessão dos equinócios, as constelações se movimentam em relação ao eixo da terra, mas os signos são fixos. E existem muitas constelações, se cada uma delas fosse um signo, teríamos milhares de signos.

É importante as pessoas compreenderem a diferença entre Astrologia e Astronomia. Enquanto a Astrologia lida com esses simbolismos/signos que visam compreender a natureza do comportamento humano, a Astronomia lida com a localização física, no caso, as constelações.

De tempos em tempos, surge a disseminação de conceitos errados em relação à Astrologia. Há 16 anos, astrônomos já tentaram incluir um 13° signo, Ophiucos, a Serpente. E o assunto voltou à tona agora. A Astrologia não é para ser acreditada, mas para ser conhecida. E quem a conhece, verdadeiramente, sabe que ela trabalha com símbolos. Além disso, uma pessoa não é apenas o seu signo solar, mas está simbolizada em todo o conjunto do seu Mapa Astral, que é único, como cada ser humano é.

Os que apreciam a profundidade do conhecimento astrológico (sabendo que a Astrologia é bem mais vasta do que o signo solar) seguirão admirando e reconhecendo o seu valor. E os que não a conhecem (por pensarem que se trata de acreditar ou não) continuarão criticando. É preciso que seja esclarecida esta diferença entre Astrologia e Astronomia e que ambas sejam respeitadas em seus campos de conhecimento e finalidade, que são diversos.

Isabel Mueller

+ artigos

Astróloga, escritora, poeta. Trabalha com Astrologia há 20 anos. Atende a consultas de Mapa Astral, Trânsitos, Revolução Solar e Sinastria. Dá cursos e palestras. Escreve para jornais, revistas e sites do Brasil e de outros países. Formação superior em Psicologia. Autora dos livros de poesias Céu da Boca e Alumbramento.