por Equipe Horóscopo Virtual

União entre corpo e mente: conheça o Tai Chi Chuan

Provavelmente você já viu um grupo fazendo movimentos lentos e cadenciados ao ar livre em algum parque ou área verde da sua cidade. Possivelmente era a prática do Tai Chi Chuan, uma técnica que envolve uma série de exercícios de origem chinesa introduzidos por monges tibetanos. É um exercício físico altamente indicado para trazer benefícios não somente ao corpo, mas também para a mente.

O Tai Chi Chuan surgiu como uma arte marcial e ao longo dos anos evoluiu para uma espécie de terapia. Por meio de movimentos muito bem estudados e desenvolvidos, esse exercício é capaz de trazer o bem-estar quase que instantâneo para o indivíduo que o pratica, além de aliviar sintomas típicos de cidades grandes, como: a ansiedade, o estresse e o medo. Para a parte física, ele é um ótimo condicionamento, melhorando a flexibilidade, mobilidade e concentração de seus praticantes, além de ser altamente indicado para tratamento e prevenção de doenças musculares.

A atividade é quase que uma meditação que se pratica em movimento. Indicado também para exercitar a memorização e a capacidade de foco em uma atividade e momento, o Tai Chi Chuan é bastante procurado por pessoas da terceira idade. Mas vale ressaltar que é uma atividade indicada para qualquer faixa etária, com exceção de crianças pequenas, pois fica difícil trabalhar a concentração.

O Tai Chi Chuan é baseado em dez princípios para que os movimentos sejam harmoniosos e com o efeito esperado. Confira quais são:

1 - Ser ágil e manter a postura 

É preciso ter agilidade ao fazer os movimentos, sem nunca se descuidar da postura. No entanto é importante ressaltar que os músculos do pescoço sempre devem estar relaxados, apesar de ser necessário manter a cabeça sempre ereta.

2 - Encolher ligeiramente o peito e esticar as costas 

Levando em consideração essa postura, o ar flui melhor em nosso corpo durante a respiração, o que favorece os movimentos e os exercícios.

3 - Relaxar a cintura 

A cintura é o centro de seu corpo e a responsável pelo seu equilíbrio. Por isso, mantenha sempre relaxada e em harmonia com o restante do seu corpo.

4 - Distinguir o cheio do vazio 

É preciso saber quais membros estão cheios (ou servindo de apoio) e aqueles que estão vazios (ou flutuando e se movimentando), para que os movimentos sejam feitos com harmonia.

5 - Relaxar os ombros e deixar "cair" os cotovelos 

É nessa postura que conseguimos relaxar verdadeiramente ao fazer os movimentos. É a base de todo o Tai Chi Chuan! 

6 - Empregar o pensamento no lugar da força muscular 

É preciso ter concentração e pensamento focado para conseguir executar o exercício de forma correta. A mente é mais importante do que a força do corpo físico!

7 - Sempre ligar a parte alta do corpo com a baixa 

Uma parte de seu corpo que se localiza abaixo de sua cintura sempre terá ligação com outra que está na parte de cima. É preciso ter esse tipo de consciência.

8 - Unir interior e exterior 

É preciso ter consciência da integração da energia exterior e da energia interior, tudo sempre em harmonia. 

9 - Fazer os movimentos sem interrupções 

Unir os movimentos sequencialmente garante que a energia e os pensamentos também não se interrompam. 

10 - Encontrar a calma durante os movimentos 

Assim como na meditação, o Tai Chi Chuan convida os participantes a encontrarem a sua paz interior e buscar a calma que tanto precisamos. 


Artigo escrito por Roberta Lopes da equipe Horóscopo Virtual

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.