Compartilhar

por Erickson Rosa

Os 7 principais sintomas da ansiedade. Você possui?

A ansiedade é nossa resposta de proteção àquilo que consideramos como uma ameaça para nosso organismo. Todo e qualquer evento estressor possui a capacidade de acionar a ansiedade em nosso corpo. Entretanto, podemos ter ansiedade sem corrermos nenhum perigo. Isso acontece quando cedemos aos medos imaginários, ou seja, situações onde imaginamos o pior.

Quando temos pensamentos constantes de que situações catastróficas irão acontecer, a ansiedade se instaura em nosso organismo. É nesse momento que os sintomas aparecem. Se você ainda não sabe quais são os sintomas, vou listar aqui os sete principais e no final darei a você uma forma para lidar com cada um deles.

1º Mãos trêmulas:

Esse talvez seja o primeiro sintoma que a ansiedade dispara. As mãos começam a tremer, pois é liberada em nosso organismo a adrenalina. Esse hormônio é o principal responsável por ativar nosso sistema para luta ou fuga. O sintoma das mãos trêmulas é  na verdade uma forma natural de seu organismo reagir a alguma ameaça, mesmo que ela esteja em sua mente.

2º Palpitações:

Mussum ipsum cacilds, vidis litro abertis. Consetis adipiscings elitis. Pra lá , depois divoltis porris, paradis. Paisis, filhis, espiritis santis. Mé faiz elementum girarzis, nisi eros vermeio, in elementis mé pra quem é amistosis quis leo. Manduma pindureta quium dia nois paga. Sapien in monti palavris qui num significa nadis i pareci latim. Interessantiss quisso pudia ce receita de bolis, mais bolis eu num gostis.

3º Dificuldade de concentração:

Se uma pessoa está ansiosa, ela terá muita dificuldade de concentração. Isso por um motivo muito simples: Se ela acredita estar em perigo sua mente dará foco total para aquilo que traz a sensação de medo, diminuindo a atenção para qualquer outra situação. Por isso que uma pessoa ansiosa possui dificuldade de se concentrar.

4º Hiperventilação:

É quando respiramos de maneira rápida. Isso acontece porque nosso corpo durante uma crise de ansiedade está se preparando para lutar ou fugir. Não interessa se é um leão lhe perseguindo na floresta ou uma apresentação para seu chefe, seu corpo sempre irá reagir na ansiedade como luta ou fuga. Por isso a respiração aumenta para que possamos correr ou lutar.

5º Dificuldade de dormir:

A pessoa que é muito ansiosa possui dificuldade de dormir, pois é acionado o sistema simpático, responsável pela liberação do hormônios em nosso organismo. Essa ação desliga nosso sistema nervoso parassimpático, que é responsável pela parte de relaxamento. Assim, se estamos ansiosos nosso sono é perturbado consideravelmente, se isso ocorre com você, vou passar mais abaixo técnicas para ajudar você a eliminar a ansiedade exacerbada de sua vida.

6º Frio na barriga: 

Com a ansiedade disparada, o organismo se prepara para lutar ou fugir. Essa ação faz com que os vasos sanguíneos sejam irrigados, para que a musculatura se contraia para qualquer ação necessária. Isso faz com que o sangue do intestino e do estômago seja direcionado para musculatura, ocasionando a sensação de frio na barriga.

7º Dores de cabeça: 

O sangue irrigado constantemente para a cabeça faz com que haja dilatação dos vasos sanguíneos, ocasionando as dores de cabeça. As dores aparecem quando temos excessiva ansiedade.

Obviamente que apenas saber quais são os sintomas não ajudam você a não ter mais esse problema em sua vida. Por isso que para você que deseja acabar com a ansiedade de uma vez por todas, escrevi um e-book onde ensino oito métodos para você acabar com a ansiedade de uma vez por todas, para eliminar a ansiedade exacerbada  e estabelecer uma vida mais segura e feliz. Nesse e-book explico as causas da ansiedade e como fazer para eliminar esse problema de sua vida.

Baixe seu e-book gratuitamente aqui: http://www.cureansiedade.com.br   

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.