por Silvia Malamud

Qual a importância de uma noite bem dormida?

Todos nós sabemos que o sono diz respeito ao período de descanso que nossos corpos necessitam para se refazerem nos mais diversos níveis. A variação deste tempo muda de pessoa para pessoa e ajuda no relaxamento, reorganização do psiquismo e processamento de alguns nutrientes que só acontecem quando estamos dormindo. Além de tudo isso o período de sono também envolve o que muitos chamam de sonhos, viagens da consciência e outros.

Você sabia que se não dormimos o suficiente os nossos sistemas físicos promovem micro frações de sono ao longo do dia no intuito de se recuperarem da noite mal dormida? Na maioria das vezes nem percebemos ou sabemos que este fator esta ocorrendo, mas aquelas famosas “pescadas”, ausências e outros desta ordem fazem parte destes micro sonos.

Mas é apenas durante uma boa noite de relaxamento que normalmente chegamos a fase REM do sono e que é a mais importante do nosso período de descanso e, também é o espaço de tempo em que os nossos sonhos acontecem.

A falta de sono pode ter consequências assustadoras!

Na fase REM, apesar de estarmos no momento de maior relaxamento, algo mecânico ocorre no cérebro no intuito de que os hemisférios cerebrais se “misturem”, ou seja, o lado do cérebro logico e racional junta-se com o lado emocional, criativo e simbólico, transformando todos os significados em um universo de imagens e situações conhecidas como “sonhos”. O modo como isso ocorre vem através do movimento rápido dos olhos de um lado para o outro. Algumas pessoas podem já ter visto esta movimentação ocular ao observarem outras enquanto dormem. Em animais de estimação fica mais fácil ainda de observar. Sim, eles também sonham!
 
Você já imaginou o que poderia nos acontecer se acaso nos privássemos de  dormir?
Em estudo realizados sabe-se que os efeitos são devastadores. Durante o período de sono, além de descansarmos, também sonhamos tentando processar sentimentos difíceis e a própria vida, além de abrir espaço para a viagem da consciência de um modo diferente do usual. A falta de sono, portanto, redobra o envelhecimento de maneira drástica, ou seja, você envelhece em dobro pelo período que está indevidamente acordado. Uma cobrança da natureza. O organismo fica altamente acelerado, tanto na estética como fisiologicamente.  O efeito é assustador e uma das consequências pode ser inclusive a morte súbita.

Silvia Malamud

+ artigos

Silvia Malamud é psicóloga clínica, terapeuta certificada em EMDR e Brainspotting, especialista em sonhos e autora do livro "Projeto Secreto Universos" e "Sequestradores de Almas" da Editora Gente.