por Equipe Horóscopo Virtual

Um mapa astral pode identificar a homossexualidade?

Primeiramente, vamos voltar ao mundo árabe ou europeu, na época medieval, de onde vêm as primeiras influências sobre o assunto reportado no tema. Tudo que sai do sexo padrão (um homem e uma mulher, pênis e vagina) era totalmente considerado “coisa suja”, quer dizer, pecado, se desviando dos caminhos de Deus. Então, qualquer coisa que saísse da mesmice era considerada impura, incluindo: sexo oral e anal, zoofilia e sadomasoquismo, que, naquele tempo, não era entendido como é nos dias de hoje. Eram coisas que existiam na época, além da homossexualidade em suas múltiplas formas.

Os signos de fogo e terra eram chamados de “Bestiais”, e tinham uma tendência maior a esse tipo de comportamento. São eles: Áries, Touro, Leão, Virgem, Sagitário e Capricórnio. A qualidade que existe em comum entre eles está associada à resistência, dor, rigidez, que é o que predomina no planeta Marte.

Pessoas desse signo não precisam, necessariamente, de quantidade para algo se tornar prazeroso, e sim, intensidade. Não se importam que tenham que sentir dor ou outro tipo de estímulo para chegar ao extremo. Para reforçar a ideia das consideradas “cópulas imundas”, Vênus precisa estar influenciada por Saturno, ou Marte (mas pode ser que seja por ambos, também). 

Se a pessoa obter Vênus em signo de Marte (capricórnio, escorpião, áries) ou acontecer de Marte em signo de Vênus (libra, touro, peixes), ou até mesmo o que pode ser melhor ainda - estar em ambas condições - ela tende muito mais a buscar prazer de uma forma diferenciada, e não se importa se for da forma que os antigos consideravam “imundas”.

É importante deixar claro que o mapa astral não vai apontar o “quê” ou  “quem” a pessoa vai procurar para conseguir realizar os seus desejos, porém adverte que será uma pessoa inteiramente apaixonada e intensa, que não se priva de viver fortes emoções. Se você analisar todos os indicadores, quanto mais predominante as características indicadas, mais intensa e indescritível será a vida sexual da pessoa.

Já os signos de ar e água têm características diferentes. Dada uma natureza fértil, eles são apontados pela qualidade primitiva da umidade (que é associado totalmente com a lua, mãe da fertilidade). Eles tendem a se importar com sua vida sexual pela quantidade, o que entendemos como ninfomania, mas isso se houver influência de Vênus. Essas pessoas não se importam quase nada com a intensidade, preferem a quantidade (são férteis). 

Pode acontecer delas serem bastante intolerantes quando o assunto é praticar alguma coisa mais intensa, pois elas preferem sempre fazer o básico. Para elas, o romantismo é importante, pois valoriza a amizade criada em um relacionamento, o convívio e o dia a dia. Porém, não podemos esquecer que o mapa não diz com “quem” isso vai acontecer ou se ela vai querer viver esse tipo de situação.

É importante lembrar que não existe certo ou errado entre quatro paredes. Cada um deve buscar aquilo que lhe dá prazer e satisfaz. A vida sexual de cada um só diz respeito a si mesmo.

Uma breve conclusão é que existem pessoas que tem uma tendência maior em querer viver momentos mais “intensos” e outras que preferem algo mais “básico e leve”. Então, a astrologia defende que sim, o mapa astral consegue definir como será sua vida sexual em um modo geral, porém não sabe com quem você pode se relacionar.


Texto escrito por Roberta Alessandra Torres.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.