por Equipe Horóscopo Virtual

O que esperar do céu do verão de 2017

Observar o céu é uma das atividades mais incríveis que existe. É uma experiência inovadora. Já parou para pensar em como somos privilegiados por conseguir observar estrelas, astros, cometas e, de vez em quando, até mesmo outros planetas?

Somos capazes de observar constelações e conjunto de estrelas a olho nu! É claro que, dependendo do caso, precisamos da ajudinha de alguns materiais facilitadores, como telescópios, binóculos e lunetas. Mas, mesmo assim, ainda somos agraciados com alguns astros mais metidos que aparecem com fácil visualização, tornando o nosso céu ainda mais lindo!

E para você não deixar escapar nenhum acontecimento, reunimos tudo o que poderá ser visto no céu do verão de 2017. 

No dia 25 de fevereiro será possível observar o 45P logo no começo da madrugada.

Este ano já tem sido marcado por alguns acontecimentos do espaço, como a passagem do cometa 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova, que pode ser visto em janeiro. No primeiro final de semana de fevereiro (há poucos dias atrás!), o 45P/Honda-Mrkos-Pajdusakova foi observado novamente, ao passar pelas constelações de Águia, Ofiúco e Hércules.

O 45P é um cometa periódico. Sua periodicidade é de, em média, cinco anos. Foi descoberto em dezembro de 1948, pelos astrônomos Minoru Honda, Antonín Mrkos e a astrônoma L’udmila Pajdusaková, portanto o nome do cometa é uma homenagem aos seus três descobridores. 

No dia 11 de fevereiro, o 45P teve sua maior aproximação com a Terra (ao menos durante a passagem desse período), estando a 12 milhões de km do nosso planeta – essa distância corresponde a 31 vezes a distância da Terra à Lua! Parece muito? Pois então, vale saber que essa distância é a segunda menor entre a Terra e o cometa, desde o ano em que ele foi descoberto.

Até agora, falamos apenas do que já aconteceu. Será que ainda há acontecimentos por vir? A resposta é sim! No dia 25 de fevereiro (alô, foliões do Carnaval!) será possível observar o 45P logo no comecinho da madrugada, enquanto o cometa passa entre as constelações de Ursa Maior e Leão. 

Já no dia 28, ainda do mesmo mês, o mesmo cometa já terá avançado sua localização, encontrando-se entre algumas estrelas importantes: Delta Leonis e Xi Ursae Majoris. Ainda durante os dias de folia, outro cometa poderá ser visto: o C/2015 V2 (Johnson), que estará transitando entre a constelação de Hércules durante o Carnaval. Estará visível em nosso céu durante o início da madrugada.

O 2P/Encke foi o segundo cometa periódico a ser descoberto! Ele pode ser visto no carnaval.

E, realmente, o Carnaval marcará um período de grande festa no espaço, porque os cometas estarão a todo o vapor passando por aqui! O 2P/Encke também poderá ser observado, e vale a pena! Esse cometa é muito famoso. Foi o segundo cometa periódico a ser descoberto, tendo o menor período de translação até hoje descoberto: média de três anos. Seu nome foi dado em homenagem ao astrônomo Johann Franz Encke que, por incrível que pareça, não foi quem o descobriu. Entretanto, foi o profissional que descobriu a existência de cometas de período curto. Por isso, Encke conseguiu precisar exatamente a volta do 2P. Então, com certeza, honrou a homenagem.

E não pense que acabou! O Carnaval realmente está agitando os acontecimentos astronômicos desse verão. O 41P/Tuttle-Giacobini-Kresak estará passando pela constelação de Câncer durante os dias do feriado, e poderá ser visto. Mas, caso você perca a oportunidade, não se preocupe: o 41P também poderá ser observado durante o mês de abril desse ano – mês que também marca a chegada de outro cometa, o C/2015 V2 (Johnson), que volta a aparecer.

A título de curiosidade, vale dizer que a letra “P” colocada no nome de alguns cometas é o que simboliza que são cometas periódicos. Ou seja, voltam a ser vistos passando pela Terra em determinado período de tempo. Portanto, sempre que ler sobre um cometa cujo o qual contenha a letra “P” em sua nominação, saiba que se trata de um cometa de periodicidade.

Porém, por mais que esses acontecimentos astronômicos causem grande empolgação, é preciso alertar: nenhum deles é visível a olho nu. Os que já aconteceram puderam ser apreciados com instrumentos de pequeno porte, como binóculos, telescópios e lunetas. A passagem do 45P, entretanto, no dia 28 de fevereiro, só será vista com instrumentos de grande capacidade e abertura. Os outros cometas poderão ser vistos com instrumentos mais comuns e de fácil acesso, como lunetas e pequenos telescópios.

Mesmo sem a possibilidade de ver esses acontecimentos a olho nu, vale a pena a dica, não é? Vamos aproveitar tudo o que o céu tem para nos mostrar! 


Artigo escrito por Giovanna Frugis da Equipe Horóscopo Virtual.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.