por Silvia Malamud

O que são os sonhos e como aprender mais sobre eles?

andes nomes da psicanálise definem os sonhos como sendo os vários aspectos das nossas personalidades.
Sigmund Freud, entendia que os sonhos eram a tentativa de se resolver ou expurgar situações reprimidas e mal resolvidas, desejos insatisfeitos. Já Carl G. Jung postula que nossos sonhos fazem parte da nossa eterna busca da evolução com o objetivo de encontrar o verdadeiro "Self" (ser).
Vamos agora destrinchar mais deste universo, em meio a estudos diversos contando o que se sabe sobre os sonhos e além... Está preparado?
 
Você sabe como fica seu estado de consciência durante um sonho?
 
- No sonho comum somos acometidos pelas imagens oníricas e não temos o menor senso critico, mesmo quando os acontecimentos não tem coerência. Em resumo, não somos os senhores da ação. Pela falta de lucidez, a capacidade mental fica reduzida e na maioria das vezes ficamos inconscientes ou acordamos com apenas fragmentos de memória do todo ocorrido.
Por vezes até recordamos por meio de alguns alguns flashes sobre o que sonhamos, mas raramente conseguimos  nos lembrar de tudo tirando proveito desse universo.
 
E como fica a sua consciência durante um “sonho” lúcido?
 
Na experiência lúcida durante o período de sonho, a capacidade perceptiva fica altamente ampliada, temos senso crítico e podemos perceber tudo ao mesmo tempo. Podemos saber inclusive como e onde estamos e termos o comando.
A experiência do conhecimento e a comunicação parece que vem em bloco.
Também podemos ter uma experiência de vivência multimodal que é quando transcendemos o paradigma tempo e espaço, podendo viajar pelas múltiplas realidades. A física quântica hoje em dia explica isso.
Ao acordarmos após uma experiência consciente, a mente de imediato retoma os fatos de modo altamente vívido. As lembranças muitas vezes são de uma ordem muito mais presente do que os fatos acontecidos no cotidiano. A consciência fica lúcida durante todo o tempo do “sonho”.
 
Muitas pessoas passam espontaneamente por experiências conhecidas como sonhos lúcidos, viagem astral ou desdobramento, onde repentinamente encontram-se como se estivessem acordadas dentro do próprio sonho. A maioria que se interessa por este fascinante assunto, pode começar por fazer dos alguns exercícios propostos, na certeza de que terão excelentes resultados.



 
Algumas dicas importantes para você ficar mais “acordado” em seus sonhos:
 

1 - Treine-se para estar mais presente em todos os momentos.

2- "Fatores limitantes não deixam de existir por serem ignorados". Não basta acreditar, porque quem precisa acreditar muitas vezes duvida, então conceba a ideia de que vai ficar lúcido em seus sonhos hoje.

3-  "Nada substitui a ação. A fonte de qualquer ação está na intenção." Portanto fique ativo durante o dia e antes de dormir com essa intenção, treine sua mente a conceber este novo estado de consciência.

4- A partir do momento que você se ativar neste propósito que "toda forma de lembrança concebida é algo vivenciado."

5-  Pergunte-se durante o dia, várias vezes se está acordado ou se está dormindo e tenha como referência olhar para algum relógio e ver as horas, objetive fazer isso inclusive quando estiver sonhando, para  lembrar-se que esta lá do outro lado. Uma dica, normalmente não conseguimos visualizar as horas no relógio e nem ler quando estamos “sonhando”, as imagens costumam ficar meio embaçadas. Lembre-se: “ Você é o seu próprio laboratório e é deste lugar que vem o seu autoconhecimento.”

6- "Exija de si mesmo .“

7- "O desconhecido costuma causar ansiedade, portanto busque sempre informações claras sobre o que estiver passando, pesquise aqui e lá, leia mais sobre o assunto.

8- "Entenda pela própria experiência, de que não se corre risco algum ao ativar a sua consciência, ao contrário.”

9- "Discipline-se em função de suas metas."

10- "Busque parcerias, troque experiências.“
 
O que pode acontecer no início de suas experiências:
 
- Consciência de estar saindo e vivenciando todo o processo fora do corpo.
- Acordar-se lúcido em seu sonho, mas em outra situação-realidade.
- Se ver quase lúcido mesmo se estiver vivendo intensamente uma situação, só rememorando ao voltar para o corpo físico.
- Estado de dupla consciência, quando se adquire a consciência de que se é multimodal: ocorre quando o foco da consciência é atraída pra uma outra realidade onde coexiste. Seria mais um sonho?

 

Silvia Malamud

+ artigos

Silvia Malamud é psicóloga clínica, terapeuta certificada em EMDR e Brainspotting, especialista em sonhos e autora do livro "Projeto Secreto Universos" e "Sequestradores de Almas" da Editora Gente.