por Vinícius Francis

Primeiro é preciso limpar-se dos débitos

Não há nenhum ser humano neste mundo que não queira melhorar de vida. Esse é um objetivo de todos nós. Aliás, a maioria inicia o caminho de espiritualidade porque se encontra em uma situação difícil. E não há nada de errado com isso. Porém, nós somos mais do que esta vida atual. E ao reencarnarmos nos esquecemos completamente de tudo o que vivemos lá atrás.

Sabemos que nossas escolhas nesta vida são as que mais determinam o nosso destino, entretanto, não se pode negligenciar o que já trazemos em nossa bagagem. Afinal, se renascemos neste mundo com certeza é porque temos algo a resgatar, reparar e cumprir. Salvo as raras exceções de espíritos que aceitam vir aqui simplesmente para ancorar o restante e ajudar no progresso do todo. Mas são a minoria da minoria. A grande parte que está aqui atravessa processos de resgate.

Mas onde eu quero chegar aqui? Na não tão saborosa realidade de que podemos estar mais “sujos” (vibratoriamente) do que “pau de galinheiro”. E eu vejo pessoas tentando mudar. E tentam, tentam, esforçam-se, fazem “de tudo” e parece que há algo que trava. E não é magia negra, pelo menos não de terceiros. É a própria sobre si mesmo. Elaborada e executada através das escolhas passadas, em outras vidas.

O Carma não determina nosso destino, mas não há como negar que ele influencia profundamente o mesmo. Porque somos o produto de nossas escolhas e experiências. Se mesmo aqui, nesta vida, experimentamos muitas vezes o dissabor de nossas escolhas imaturas e ignorantes e nada nos livra disso, o que nos faz pensar que escaparíamos da consequência do que fizemos lá atrás, em outras vidas? O fato de que esquecemos de tudo? O fato de que temos outro nome, outra aparência e identidade egóica? Não! Porque embora tudo isso mude, o produto energético daquilo que vivemos está vibrando em nosso campo, enraizado. Então, eu posso reencarnar do outro lado da galáxia que toda energia gerada por tudo o que vivi, fiz, escolhi e causei, vai comigo para lá, inevitavelmente. A polarização do meu campo é uma soma de tudo o que eu ativei e emanei no passado.

E essa energia vai interferir em tudo o que eu fizer, seja ela boa ou ruim. Fugir disso não resolve, fazer de conta que isso não está acontecendo também não. A solução é tomar consciência e encarar. Se a vida não pega leve com você, das duas, uma: ou você tem crenças horrorosas que te submetem às piores escolhas e com isso tudo sempre acaba em “Merlin”, ou seu campo está muito negativado por causa de suas “más ações” em vidas passadas.

Se for o caso da primeira hipótese, bastam estudos, transformação interior e reformulação de crenças e valores para tudo começar a caminhar em outro rumo. Mas se for o caso da segunda hipótese, só fazer isso não vai adiantar. Para melhorar de vida é preciso se limpar de tudo o que atrapalha a sua luz de brilhar. Não tem jeito. Esta é a perfeita justiça operando. Mas se nos esquecemos do que fizemos, como iremos reparar? Aí é que está o “X” da questão. Você não precisa se lembrar, muito pelo contrário. Lembrar-se do passado na maioria dos casos só provocará traumas, medos e culpas. Se mal conseguimos lidar com as que carregamos desta vida, imagina de todas as outras?

O que precisa ser feito é ativar o antídoto da negatividade, isto é, o AMOR. Feito isso, independentemente do que você fez, a limpeza e o resgate começam. Buscar a luz e amar o máximo que puder através da execução do Bem ao próximo e principalmente a si mesmo, cura tudo. Quanto tempo vai levar? Bom, depende da quantidade de luz que entra em você. Quanto mais luz entra, menos trevas. Mas é necessário tirar o que obstrui a luz, primeiro. Do contrário, não tem limpeza.

Tente arrumar um quarto escuro, com as janelas e cortinas fechadas e sem luz. Não vai dar certo. Do mesmo jeito, enquanto houver obstruções, a luz não entra. Nada muda de verdade e você não alcança as realizações que deseja nesta vida. Então, só há uma solução, desobstruir-se vibratoriamente para que a luz entre. É preciso limpeza, intensa e profunda, mas é preciso se abrir para tal. É preciso uma escolha sua, uma decisão, uma ação. Você precisa aceitar que esse é o processo, e ter paciência. Porque quanto mais sujo estiver o quarto, mais a limpeza pode demorar. Todavia, repito, isso depende da quantidade de luz que entra por você. Quanto mais luz, mais rápido. Se há muita luz, há muito amor, então, há maior potência no processo de transformação.

Por isso, sempre oriento aos que trabalham com a MT para que tenham paciência. Apenas deixe a luz passar, aceite o processo, mude com ela e fazendo esse bom trabalho com harmonia e motivação os resultados bons vêm. Entenda, enquanto houver sujeira e obstrução em seu campo, a luz nunca poderá agir como poderia. Sendo assim, só há um caminho e se você quer transformar sua vida não pode continuar fugindo dele. Mãos à obra, você tem trabalho a fazer!

Que o Amor nos cure! 

Vinícius Francis

+ artigos

Vinícius Francis, escritor, canalizador e terapeuta metafísico, cujo trabalho desenvolve-se com base na psicologia humana, espiritualidade, leis do Universo e magia branca, com o objetivo de despertar a consciência divina e resgatar a essência do ser, ofuscada pela educação social e religiosa distorcida.
Sua filosofia de vida é pautada numa espiritualidade independente, onde a felicidade e bem estar são o alicerce de uma vida rica e satisfatória.
Loja Virtual: os-filhos-da-alva.blogspot.com.br