Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Rejeição: Qual a melhor forma de lidar com esse sentimento?

Nem mesmo nos livros, filmes e novelas uma pessoa está protegida contra a rejeição. As mocinhas e os mocinhos podem sofrer muito depois de uma rejeição amorosa e os vilões e vilãs podem ter se tornado pessoas más depois de passar por essa situação. Esse é o senso comum sobre como lidar com uma rejeição amorosa: com sofrimento e dor, ou com raiva e ressentimento.

Uma rejeição vai muito além dos primeiros sentimentos que tomam conta da pessoa que foi rejeitada. Depois de uma rejeição, sobretudo depois da rejeição amorosa, uma pessoa tem o direito de se sentir triste ou irritada, por não ter as expectativas de um amor duradouro atendidas.

10 dicas para superar o fim de um relacionamento

No entanto, essa fase de luto pela relação que acabou não deve se estender por muito tempo, nem deve conduzir todos os pensamentos dessa pessoa. É comum que quem foi rejeitado passe a acreditar que tem alguma coisa errada com ele, ou que mais ninguém no mundo irá querê-lo.

Essa visão, além de ser extremista e dramática, não é compatível com a realidade. Para entender o motivo disso, é preciso ter consciência de que a opinião de uma pessoa sobre alguém só diz respeito a essa pessoa. Essa opinião não vai definir quem é esse alguém, nem o que qualquer outra pode enxergar nele.

Além disso, é essencial compreender que todos os indivíduos têm direito de mudar de ideia sobre qualquer coisa, inclusive sobre um relacionamento amoroso. Não faz sentido manter uma relação pensando somente que no passado ela foi muito boa para ambos. O sentimento que mantém duas pessoas unidas é a reciprocidade.

No caso de outras formas de rejeição, como a recusa de um emprego, a exclusão de um grupo de amigos ou de uma festa, também é preciso compreender que a pessoa rejeitada não tem algo de errado. O que pode acontecer é uma incompatibilidade de ideias, de crenças, de vontades ou de formas de viver. Uma pessoa pode até se recusar a ser amiga de outra porque elas pensam de um jeito muito diferente.

Nada disso é um problema. Por mais difícil que seja lidar com a ideia de que um grupo de pessoas, uma organização ou uma empresa rejeita a presença de alguém, é preciso, primeiramente, manter a calma e confiar em si. Ao pautar a autoimagem de uma pessoa nas opiniões dos outros ou nas formas como eles a tratam, o que se tem é a tentativa de alinhar as expectativas de alguém com quem você realmente é.

O pé na bunda no zodíaco: como cada signo reage ao levar um fora

Esse processo de alinhamento pode causar constantes decepções e rejeições porque nunca será possível corresponder exatamente ao que esperam de nós. É preciso manter a própria verdade e a própria essência até encontrar alguém ou um lugar que te aceite pelo o que você é, sem adotar comportamentos e pensamentos que não são naturais com o objetivo de se encaixar.

Entender esses conceitos já faz parte do processo de evolução que pode ser motivado depois de uma rejeição. Quando passar o sofrimento e a raiva, é importante olhar para a pessoa que você é e tudo o que você pode alcançar. É um momento para buscar novos contatos, conhecer lugares diferentes ou até mudar o visual.

Apegar-se ao passado, desejando que ele volte, impede que uma pessoa que foi rejeitada volte a viver a vida. Uma rejeição só significa que uma pessoa não é ideal para a outra ou para um ambiente. Não é um sinônimo de fracasso ou de insuficiência, embora muitas pessoas acreditem que é.

Como saber se você está bem consigo mesmo

O melhor a se fazer depois de sofrer uma rejeição é um exercício de introspecção. A rejeição não muda quem você é. Essa deve ser a sua força para enxergar as suas qualidades e reconhecer que nem todas as pessoas irão adorá-las, mas basta você amar quem você é.

Uma rejeição pode ser a melhor oportunidade que você vai ter para descobrir o seu amor próprio e a sua autoconfiança. Você não deve fazer esse exercício pensando “se eu tenho tantas qualidades, por que aquela pessoa/aquela empresa/aquele grupo de amigos me rejeitou?”. O objetivo é, na verdade, pensar “eu tenho todas essas qualidades e não tem problema se aquela pessoa/aquela empresa/aquele grupo de amigos não se identificou com alguma delas”. Reconheça a sua força e deixe a sua luz brilhar para outras pessoas e para você.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.