por Giovanna Sapienza

Aprenda a aceitar críticas

Trabalhar e aprimorar nossos impulsos e sentimentos negativos é uma tarefa para lá de desafiadora. É preciso antes de mais nada compreender o que realmente se passa dentro de nós, e a maior dificuldade está justamente em detectarmos falhas, crenças limitadoras e comportamentos de autossabotagem. 

Não basta apenas prestar atenção em nosso comportamento, às vezes criamos ações sabotadoras que agem contra nossas próprias iniciativas de reforma íntima e melhoria interior. Pois é, nosso cérebro é fantástico e não conseguimos imaginar nem 1% do alcance desta máquina maravilhosa.

Além de toda receita que já conhecemos, precisamos aprender a ouvir. Ouvir e internalizar críticas construtivas externas, muitas vezes quem está fora da situação consegue ter uma visão mais real e menos emotiva sobre o fato e sobre nosso comportamento também. Precisamos abrir nossos ouvidos e mentes para escutarmos aquilo que sai de nossas bocas. Quando detectamos nossos pensamentos e vocabulários negativistas e sabotadores, conseguimos revertê-los de forma saudável.

Sabemos que cada um é um universo particular, mas convivemos em sociedade justamente com o objetivo de auxilio e crescimento mútuo. Nem sempre conseguimos enxergar com clareza nossa real situação, afinal estamos dentro do problema, vivenciando o furacão aqui de baixo. Quando temos a opinião de alguém que consegue enxergar a situação de fora e sem envolvimento emocional, as coisas tendem a ficar muito mais claras e fáceis de serem resolvidas. 

Na sociedade de hoje, o que mais fazemos é ignorar as opiniões alheias, perdemos completamente o costume de valorizar e recorrer a orientações de pessoas mais velhas (hábito este que era extremamente cultivado antigamente). Hoje tudo é encarado como ofensa e crítica invejosa, estamos na Era da Autossuficiência. Infelizmente, com este tipo de posicionamento acabamos perdendo a excelente oportunidade de troca e aprimoramento da vida através de pontos de vista diferentes. 

 

Não estamos falando que a partir de agora você irá seguir tudo que lhe for dito por terceiros, e que aceitará pacificamente todas as críticas maldosas que descarregarem em cima de você. Simplesmente estou sugerindo que você desça um pouco do pedestal da autossuficiência que aprendemos a galgar, e se abra para novas formas de enxergar uma mesma coisa. Não encare essas situações como críticas, mas sim como novos olhares, novos caminhos e orientações para soluções de um mesmo problema. Claro que o seu filtro pessoal é imprescindível em qualquer situação, afinal só você sabe o que realmente se passa aí dentro, só você conhece sua essência e entende seu processo de crescimento. 

Mas não deixe de fazer o teste, você pode se surpreender!

Giovanna Sapienza

+ artigos

Terapeuta Holística, Jornalista e espiritualista, fundadora do projeto Saber Pleno. Amante de arte, comunicação e natureza, já estuda espiritualidade e novos caminhos para saúde e bem estar há 5 anos. Acredita muito nas relações pessoais, nos processos energéticos e nos bons sentimentos como caminho para uma vida feliz.

Frase de cabeceira: “A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional.”