Compartilhar

por Erickson Rosa

Como manifestar a inteligência que você quer

Por mais incrível que possa parecer, somos seres que possuem a capacidade de manifestar múltiplas inteligências. Somos capazes de nos apresentar de diferentes maneiras no mundo. Muitos profissionais no estudo da mente reconhecem a capacidade de modelarmos a inteligência que o outro manifesta.

Napoleon Hill dizia que podemos manifestar as inteligências de outras pessoas através da visualização das capacidades de determinado indivíduo. Na visão budista, por exemplo, a inteligência ou habilidade que o sujeito apresenta não é dele, mas ela brota de uma mente coletiva, que possibilita a todos acessá-la.

Dessa forma, se uma pessoa possui como característica a empatia, essa não é uma inteligência dela, mas sim algo que se manifesta em determinado momento. Como se essa inteligência de ser empata estivesse disponível a todos os seres. Assim, pense em uma pessoa que você admira e que acha suas qualidades incríveis. Essas mesmas qualidades estão disponíveis para você acessá-las.

Como acessar a mente

No budismo esse acesso à mente que possui tais capacidades é chamado de guru yoga; no ocidente podemos chamar de modelação, ou acessar à mente daquele que trilhou o caminho antes de nós. Quando entendemos qual a posição que a mente daquela pessoa ocupava, podemos replicar as habilidades que produziram tais resultados na vida daquela pessoa. 

Para isso, conheça mais sobre a vida desta pessoa e procure entender como ela pensa e como ela expressa sua inteligência. Busque também saber em quem ela toma referencial, quem é a pessoa que ela admira. Todos nós admiramos alguém e nos baseamos nessas pessoas. Busque conhecer um pouco mais sobre quem você admira e quais as características que essa pessoa possui e que você gostaria de manifestar.

Barreiras

Contudo, pode ser que muitas pessoas confundam isso com copiar. Não estamos copiando, mas sim manifestando uma inteligência de maneira singular. Cada manifestação é única, como as gotas de chuva. Cada gota é única e não pode ser reproduzida. Quando acessamos aquela inteligência que o outro apresenta, estamos apenas “fazendo um download” do software que está disponível a todos.

Claro que nossas crenças podem atrapalhar. Às vezes acreditamos que somos aquilo que acessamos. Acreditamos que somos ansiosos, que somos tristes, que somos raivosos, que somos assim, que somos dessa ou de tal maneira. Mas na verdade estamos naquele momento acessando determinada característica.

Se crermos que somos uma ou outra coisa, acabamos limitando nossas possibilidades de manifestação. Como manifestar a alegria se acreditarmos que somos a personificação da tristeza? Como manifestar a tranquilidade se “somos” ansiosos?

Compreendendo nossa realidade

Temos a liberdade de manifestarmos qualquer inteligência, mas precisamos de causas e condições para isso. A primeira condição é entendermos que não somos um conjunto de características, mas sim uma poderosa mente livre que pode manifestar quaisquer capacidades que desejarmos. Nossa mente é livre, por mais que muitas vezes fiquemos fixados em nossos problemas e na visão de que não há saída para as situações.

Precisamos compreender que nossa mente é livre e que sempre há um caminho ainda não trilhado, que podemos começar agora mesmo a manifestar a inteligência que nos levará aos nossos objetivos. Manifeste sua liberdade. 

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.