Compartilhar

por Andrea Pavlovitsch

Três motivos pelos quais você deve praticar a gratidão hoje

Nos últimos tempos, mais ou menos nos últimos dois anos, eu aprendi o poder da gratidão. E confesso que, até então, achava mais papo de hippie ou coisas recicladas de algum livro de autoajuda. Mas, um dia, decidi testar e vi tantas coisas se transformarem que foi incrível.

Primeiro, a gratidão te coloca no momento presente. Você passa a olhar para as coisas e as situações que você já tem na sua vida, e não o monte de espaços vazios do futuro ou lembranças de um passado que não existe mais. Isso já muda tudo.

Se o momento presente é tudo que temos, por que não viver nele? O que costuma acontecer é uma ponte entre coisas do passado, que já aconteceram, e coisas do futuro, que nem existem – eu sei, trabalho com o Tarot todos os dias. Aí fica esse vazio no que eu tenho, no que eu sou naquele momento.

Mulher branca com a cabeça e braço para fora de um carro.

Isso fecha as portas da mudança. Só podermos mudar no futuro se começarmos o processo agora. Se eu me vejo mais saudável no futuro, preciso agora começar a tratar melhor o meu estômago e mudar a minha alimentação, por exemplo. O que eu tenho no hoje é fruto de decisões passadas, que não existem mais. Então por que ficar lá?

A segunda coisa é que a gratidão também muda a sua vibração, porque você olha para o que já tem. A insatisfação humana é algo alucinante, ela não acaba. Você luta por um carro novo, consegue comprar depois de muitos perrengues, e, em 3 dias, ele perde a graça. Daqui a pouco, será só um carro na sua garagem, e você precisa de um melhor, maior e mais bonito. A gratidão te faz lembrar do que você fez para conquistar o que você tem. Ela te faz lembrar da sensação boa da conquista, o que aumenta sua satisfação e te faz ficar mais feliz e elevado.

Com a nossa frequência elevada, atraímos coisas boas, e tudo acontece a nosso favor. Vi alguns milagres acontecerem comigo – desde dinheiro inesperado até uma mudança importante no meu relacionamento – só praticando isso. Só agradecendo pelas coisas boas. Aliás, passei a agradecer absolutamente tudo. Vou escaneando com a mente a minha casa toda, agradecendo cada objeto que me traz alegria, da geladeira ao sofá, cama, armários e minhas roupas lindas. Esse escaneamento também passa pelos meus relacionamentos e pelo amor que eu sinto. Me sinto agradecida pelo amor que recebo de cada pessoa.

Você também pode gostar:

Em terceiro lugar, ela reorganiza sua mente e sua vida. Imagina quão rica eu me sinto quando vejo quantas coisas ótimas tenho em casa, o carro que tenho na garagem, o relacionamento, os amigos. Me sinto tão afortunada! Me sinto absolutamente perfeita e forte, e passo a viver o resto do meu dia nessa frequência de “já ganhei, já tenho, já sou”. E o milagre é que o Universo entende essa sua linguagem e te traz mais e mais. Isso é maravilhoso.

Sente-se e respire profundamente por alguns minutos e vá agradecendo, fazendo uma imensa lista mental. Você também pode fazer essa lista escrita, também é bem especial. Mas pratique e depois me fale o que achou. Gratidão por ler este texto.

Compartilhar

Andrea Pavlovitsch

+ artigos

Psicoterapeuta, taróloga e numeróloga, comecei minhas explorações sobre espiritualidade e autoconhecimento aos 11 anos. Estudei psicologia, publicidade, artes, coaching e várias outras áreas que passam pelo desenvolvimento humano, usando várias técnicas para ajudar as mulheres a se amarem e terem uma vida de deusa. Mãe da Nina de quatro patas, gosto de viajar, ler e sempre continuar estudando.

site andreapavlo.com

twitter @andreapavlo

facebook /AndreaPavlo

email [email protected]

instagram andreapavlo

celular (11) 9.8904-3635

youtube AndreaPavlovitsch