Compartilhar

por Erickson Rosa

A chave para prosperidade

Prosperidade. Está aí uma palavra que faz muitas pessoas tomarem diversas atitudes. Por exemplo, talvez tenha sido essa palavra que motivou você a começar a ler esse texto, pois todos querem encontrar a chave para a prosperidade.

Se você veio em busca dessa chave, então está lendo o texto certo. Porque aqui encontrará o lugar para achar essa chave, essa ferramenta que irá garantir para você o alcance da prosperidade em sua vida.

Parece bom demais para ser verdade?

Eu também pensava assim antes de descobrir essa chave, antes de encontrar esse caminho.
Porém, quando os resultados começaram a aparecer não havia mais como negar, eu havia encontrado a chave que estava dentro de mim.

Mas que chave é essa?

A chave que irá liberar sua prosperidade se chama autoestima. Exatamente. Talvez você esteja se sentindo da mesma forma como eu me senti quando revelaram essa chave, incrédulo. Não acreditava que ter autoestima seria algo que me faria ter prosperidade. Mas então, um dos meus mentores me mostrou algo incrível. Ele disse: "Uma pessoa que possui autoestima baixa não recebe prosperidade, pois acredita que não merece".

Vi que isso fazia total sentido, pois notei em mim e em vários pacientes que atendia, diversos comportamentos de autossabotagem financeira.

Se você é um bom profissional e recebe pouco por seu trabalho, veja que isso é um problema de autoestima, de não acreditar em si. Por isso que existem tantos bons profissionais que ganham pouco e tantos maus profissionais que recebem bem. A questão está no quanto valorizam seu trabalho e no quanto acreditam em si.

A valorização do seu tempo e de seu empenho passa pela autoestima, bem como a aquisição desses conhecimentos. Quem possui uma boa autoestima trata bem a si mesmo e não desmerece seu próprio esforço e empenho. Quem gosta de si mesmo procura sempre fazer o melhor, pois sabe que isso é o certo a fazer para si e para os outros.

Se sua dedicação hoje não é valorizada, se você ganha mal em seu trabalho, se sente que não merece ganhar mais, saiba que todos esses pensamentos são oriundos de uma baixa autoestima. Porque quem se ama não se desvaloriza.

Será que hoje você não anda desvalorizando a si mesmo? Se você não está tendo o resultado financeiro que espera é porque não está valorizando suas capacidades. Pode ser que você nunca tenha parado para pensar nisso, mas somos nós que definimos nosso valor. Se você está recebendo pouco é porque você definiu esse valor.

 

Sei que isso é forte, mas se você não perceber isso, continuará sendo vítima de si mesmo. Quanto mais você amar, mais irá investir em você, acreditar em você e aumentar a sua prosperidade. Não apenas financeira, como emocional, familiar e profissional.

Cabe aqui uma ressalva: Muitas pessoas confundem amor próprio com convencimento ou envaidecimento. Entretanto, enquanto a primeira tem sua origem na coragem, no amor por si e no carinho consigo, a segunda vem do medo, da necessidade de se defender da realidade e da crítica do outro.

Por isso comece a se amar mais, a confiar mais em si mesmo. Verá a diferença que essa atitude fará em sua vida. Para começar você pode ler esse artigo que escrevi onde ensino oito dicas para estimular sua autoconfiança. É um bom começo iniciar confiando em si mesmo.

Espero que esse conhecimento faça a diferença em sua vida como fez para minha.

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.