Compartilhar

por Vanessa Mazza Furquim

Arcano da segunda semana de setembro: 4 de Paus

O Arcano desta semana é o 4 de Paus, que fala sobre celebrar eventos positivos, reconhecendo quando fomos bem-sucedidos em algo.

Em termos práticos, pede-nos que não deixemos passar grandes datas e acontecimentos do nosso dia a dia, pois tal atenção é uma forma de continuarmos nos motivando em nossos projetos e objetivos futuros.

Ou seja, quando nos permitimos um tempo para falar e pensar sobre nossas realizações e conquistas, damos maior amplitude a elas e melhoramos nossa autoestima e autoconfiança, o que é diferente, claro, de sermos egocêntricos e vaidosos, que seria um extremo negativo dessa autopromoção.

Arcano da semana.

Até porque felicitar-se por um trabalho bem feito, na verdade, é valorizar nossos esforços e sacrifícios, é dar um sentido maior àquilo que vivemos e alcançamos ao longo dos anos.

Além disso, essa atitude é altamente necessária, pois um dos grandes problemas da nossa época é que ficamos pulando de conquista em conquista, de meta em meta, sem nunca nos satisfazermos, sempre com a sensação de que falta algo, de que não somos o suficiente, o que gera medo, baixa autoestima, insegurança e tristeza. Não à toa, temos tantas crises de ansiedade e depressão.

Agir como esse Arcano ao longo desta semana, portanto, é se acalmar e sentir mais profundamente nossa jornada, atingindo em toda a sua plenitude o sentimento de realização e de merecimento.

Você também pode gostar:

Assim, nos próximos dias, tente se libertar da opressão que o faz sempre ir atrás do próximo projeto sem antes ter desfrutado totalmente aquele que acabou de conquistar.

E, principalmente, deixe-se levar pela alegria e pelo contentamento das suas vitórias sem culpa ou vergonha. Afinal, tudo dura tão pouco. Por que não curtir e sorrir? Por que não chamar a todos para comemorar? Por que continuar num clima perpétuo de competição e desconfiança? Enfim, por que não igualmente festejar o sucesso alheio e contribuir para que todos cheguem ao mesmo lugar, sem que ninguém fique para trás?

Compartilhar

Vanessa Mazza Furquim

+ artigos

Taróloga há 25 anos, atua profissionalmente desde 2007, com uma abordagem holística para compreender o cliente em sua totalidade. Além disso, escreve sobre o Tarô e ensina outras pessoas a melhor utilizá-lo.