Compartilhar

por Iasmin Gimenes Sabbanelli

Mercúrio em Câncer — 11 de julho de 2021

Você já ouviu a expressão "Você anda com a cabeça no mundo da Lua!"?

Se não ouviu, a partir de hoje todos nós iremos sentir o que é estar com a cabeça no mundo da Lua. Isso porque Mercúrio, o planeta responsável pela nossa mente, comunicação e expressão, acaba de deixar o signo mais falante do Zodíaco, Gêmeos, e ingressa no signo regido pela Lua, Câncer.

O signo de Câncer está ligado ao passado e às memórias, então não estranhe se lembranças do passado vierem à tona ou se você se pegar lembrando-se de momentos vividos.

Câncer é um signo cardinal de Água, ou seja, tem o impulso natural de acolher e cuidar. O ingresso do planeta da comunicação nesse signo também torna nossa comunicação mais afável e sentimental.

Mãos formando um coração

Durante esse trânsito, é muito comum que as pessoas falem mais de amor, de romance, da criação de filhos e da família.

Todos nós podemos nos sentir mais emotivos e tendemos a nos comunicar de forma mais sensível e carinhosa. Por isso, se você tem algo para falar a alguém e está esperando o momento certo, agora é uma boa hora, pois, além de estarmos nos comunicando de forma mais afetuosa, estaremos, de certa forma, mais receptivos também.

Você também pode gostar:

Um ponto de atenção que devemos levar em consideração em relação a esse trânsito é que Mercúrio também está ligado ao nosso raciocínio lógico e, durante sua passagem por Câncer, pode tornar nossas decisões mais emocionais. Por isso, se estiver diante de uma decisão, lembre-se de não agir somente pela emoção.

O trânsito de Mercúrio em Câncer nos torna mais sensíveis, então aproveite essa energia de amor e acolhimento para expressar seu amor e sentimentos a quem ama, com a certeza de que será ouvido e compreendido. Também é um ótimo momento para ver álbuns de fotos e recordar momentos junto à família.

Compartilhar

Iasmin Gimenes Sabbanelli

+ artigos

Sou uma eterna amante e estudante da Astrologia. Para mim, um mapa astral é como um mapa do tesouro escrito pelo Universo no dia do nosso nascimento e o astrólogo é o intérprete.

Utilizo a astrologia como ferramenta de autoconhecimento e transformação, por isso resolvi me aperfeiçoar. Estou cursando o 2º semestre do curso de Astrologia pela Gaia, no anseio de poder contribuir com o mundo transmitindo o propósito dos astros em busca de uma vida mais feliz.