por Equipe Horóscopo Virtual

Você desconta as emoções na comida?

Existe dois problemas bem comuns em relação à alimentação: comer demais ou comer de menos. O que ambos os casos têm em comum é a ligação com as nossas emoções.

Somos seres racionais, mas, antes disso, somos (e muito) emocionais. E as emoções afetam todas as outras áreas da vida, principalmente a alimentação. Normalmente, as emoções podem levar os hábitos alimentares para dois extremos: o de comer muito e o de comer quase nada.

Comer muito, e muitos alimentos bem calóricos, pode estar associado a uma necessidade de conforto. Quando estamos encarando problemas que parecem serem maiores do que nós, é normal que as emoções fiquem abaladas. Um bom exemplo é quando você chega em casa e quer um doce bem gordo para esquecer os problemas que teve durante o dia no trabalho. Os alimentos ricos em gordura e carboidratos (em inglês até existe um termo para eles: comfort food) dão uma sensação de prazer muito boa que sentimos de imediato. Não há nada de errado em comer doces ou algo do tipo, mas o problema é quando buscamos esse prazer para substituir a falta de prazer que temos na vida.

Aí que entra outo ponto bem importante para conseguir ter hábitos alimentares mais saudáveis: o autoconhecimento. Somente se autoconhecendo é que você descobre o que está errado em sua vida, o que te desagrada e o que te deixa emocionalmente para baixo. Descobrindo esses pontos, mudar a alimentação fica muito mais fácil.

O outro caso que citamos é o de quem come bem pouco. Esse problema pode estar ligado a um problema de autoestima. A diferença de quem come impulsivamente para ter um pouco de prazer é a forma como a pessoa lida com as frustrações. Em vez de buscar uma fuga na comida, esse tipo de pessoa busca se punir por sua vida (ou seu corpo) não estar de acordo com o que ela deseja. E a punição mais cruel é a de ficar sem comer. Inclusive sendo um comportamento inconsciente, esse é um caso que também só conseguimos lidar quando trabalhos os problemas emocionais.

Por isso, a dica que deixamos aqui é para, antes de querer mudar de dieta, refletir sobre por que você não consegue mudar isso de forma natural e fácil. Quais emoções podem estar ligadas aos seus hábitos alimentares? Procure um método de autoconhecimento e isso também pode te ajudar a trabalhar as suas emoções e consequentemente a comida vai ter um significado bem diferente para você.


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.