Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Dicas para fortalecer a saúde mental

Você anda com a sua saúde mental em dia? Se estiver pensando "Sim, não tenho nenhum problema mental", saiba que você está profundamente enganado. Saúde mental não se resume exatamente à ausência de transtornos mentais, mas sim ao equilíbrio entre todas as áreas de nossas vidas, em nível pessoal, social ou profissional. Em outras palavras, quem está "mentalmente são" consegue se adaptar às constantes mudanças de forma equilibrada.

O problema é que é difícil atingir esse estágio de evolução, afinal, sempre nos estressamos ou ficamos ansiosos com algo. Por isso, a nossa saúde mental é como uma montanha-russa: cheia de altos e baixos. Contudo, se essa sua balança interna vive em desequilíbrio, você pode se perceber muito mais estressado, agressivo, ansioso, perdido ou depressivo. Assim, se você estiver num momento desses, dê uma olhada nestas dicas, pois elas te ajudarão a encontrar o equilíbrio. E, caso esteja bem, dê uma lida também! Afinal você pode encontrar algo que melhore ainda mais seu bem-estar!

Encontre o equilíbrio entre trabalho e lazer

Mulher trabalhando em seu notebook enquanto toma café em sua xícara

Às vezes nossa saúde mental vai ladeira abaixo simplesmente porque trabalhamos demais. Se você não tem como mudar seu horário de trabalho, tente se programar melhor. Nem sempre “não temos tempo”. Às vezes é só uma questão de falta de programação.

Procure formas de agilizar suas tarefas no trabalho sem perder a qualidade, opte pelo meio de transporte mais rápido (caso seja viável), veja qual caminho tem menos trânsito... Enfim, encontre formas de otimizar seu tempo. Não para os outros, mas para você!

Entenda seus momentos de solitude

Mulher lendo livro ao lado de uma janela

Vivemos sempre cercados de pessoas. A todo momento estamos em contato com alguém – em casa, trabalhando, mexendo no celular – e de repente percebemos que é muito difícil nos vermos sozinhos.

Quando estamos sós, muitos de nós sentimo-nos desconfortáveis e não sabemos lidar com a nossa própria companhia. Por isso, tente passar mais momentos sozinho e trabalhe com o que estiver passando na sua cabeça. Você ainda pode ler, ouvir música, pintar, mas o importante aqui é se acostumar com a sua própria presença.

Invista na sua espiritualidade

Mulher de olhos fechados sentada em uma cadeira na varanda

Se você tem uma religião, invista alguns minutos do seu dia para seus rituais religiosos, reveja seus comportamentos e reavalie seus atos.

Caso não siga nenhuma doutrina, medite. A meditação é uma forma de entrar em contato com suas emoções, seus pensamentos e seus traumas. Ao utilizar esse método para se conhecer mais, você perceberá que vai compreender melhor o que te faz feliz, o que te incomoda e como evitar – ou amenizar – tais situações.

Pratique exercícios

Mulher praticando exercício no tapete da sala

A falta de exercícios aumenta a nossa preguiça e letargia. Sabe aquela sensação de que seu corpo quer se fundir com a cama, e você nem fez nada demais naquele dia? Então, esse é um sinal de que seu corpo não anda muito ativo.

A preguiça e a letargia tornam-nos improdutivos, o que diminui nossa autossatisfação e, consequentemente, nossa autoestima. Assim, tente fazer exercício todos – ou quase todos – os dias!

Preste atenção na alimentação

Mulher cozinhando com uma criança em frente a bancada da cozinha

A falta de certos nutrientes mexe com a nossa energia, a pele, as emoções e o bom funcionamento do corpo em geral. A alimentação é uma arma muito poderosa que pode ser usada tanto para o bem quanto para o nosso mal-estar.

Você também pode gostar:

Por isso, tente seguir a pirâmide alimentar: use e abuse de vegetais, frutas, carnes magras e evite fast-food sempre que possível. Ao se alimentar direitinho, você sentirá seu corpo mais leve, com mais energia e, muitas vezes, até menos ansioso.

Ajude os outros e elogie mais

Mulher conversando no celular

Quando ajudamos os outros, nós tiramos o foco do nosso ego e colocamos no coletivo. Fazemos bem ao outro ao mesmo tempo em que aprendemos a enxergar pelos olhos de outra pessoa. E

sse novo olhar pode ajudar a mudar o jeito como encaramos a nossa própria situação, além de tornar o mundo mais leve e empático. Assim, ajude e elogie (de forma sincera) sempre que puder!

Cuide da sua vida

Mulher sentada em uma cadeira de madeira com as pernas esticadas em uma grade e ao lado um coco com canudo

Você provavelmente está acostumado a ouvir isso num contexto negativo, contudo existe muita sabedoria nessa frase.

Muitas vezes nos sentimos deprimidos ou achando que há algo de errado conosco, porque vivemos nos comparando com o outro. Quando você se vir num momento desses, tente imaginar que você é único na Terra e seja seu próprio exemplo. Tome o tempo que for preciso para aprender e se desenvolver, porque todo mundo é singular, com histórias completamente diferentes. Portanto, pegue leve consigo mesmo.

Procure fazer terapia e atividades complementares

Mulher escrevendo em um caderno e segurando uma xícara

Existem diversos tipos de terapia e práticas que podem ajudar seu bem-estar, mas é sempre bom reforçar que a Psicologia e a Psiquiatria são indispensáveis. Contar com o auxílio de profissionais especializados é fundamental para fortificar a saúde mental, já que por meio deles você obtém as orientações necessárias para a sua caminhada.

Além das terapias tradicionais já citadas, você pode se aproximar de atividades como barra de access, a escrita, a leitura de livros de autoajuda que te façam refletir e até mesmo aplicativos, dependendo da sua proposta. 

Qualquer coisa que te proponha uma autoanálise e um constante desenvolvimento te ajudará a seguir em frente de forma mais positiva e resiliente.

Encontre algo que goste de fazer

Pessoa desenhando em um caderno

Hobbies são importantes, porque eles são nosso intervalo do estresse da vida real. Quando fazemos uma atividade de que gostamos, nosso cérebro produz endorfina, e nós ficamos mais felizes e satisfeitos. Além disso, fazer parte de um grupo social que tenha os mesmos interesses que a gente só agrega. Sendo assim, encontre uma atividade que o faça feliz e dedique uma hora do seu dia só para isso!

Agora que você conhece algumas formas de melhorar seu bem-estar, que tal prestar atenção na sua saúde mental e colocar essas dicas em prática? Se você perceber que mesmo após todas essas medidas, você ainda não está bem, procure ajuda profissional! Converse com alguém e lembre-se: você não está sozinho!

 
 

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.