Compartilhar

por Erickson Rosa

Busque por pensamentos simples e elevados

Todos os seres buscam encontrar a felicidade e se livrar do sofrimento. Essas são as palavras de Sua Santidade o Dalai Lama. Por mais que essa afirmação pareça positiva, ela na verdade nos diz o quanto ficamos de um lado para o outro correndo atrás da felicidade. Essa busca incessante por ser feliz faz com que possamos cair em algumas armadilhas, que nos geram mais sofrimento que felicidade. Uma dessas armadilhar é a complexidade.

Se começamos a aumentar a complexidade de nossa vida para alcançar a felicidade, entramos em uma espiral que nos aprisiona em uma teia de sofrimento. Precisamos então de mais coisas para que esse sentimento seja completo.

Complexidade

Garota em balanço com sol ao fundo refletindo

Como deixamos nossa vida mais complexa? Quando criamos condições para que a felicidade exista. Se você deseja que algo mude em sua vida para que ela atinja seu ser, sinto dizer, mas você está caindo em uma armadilha.

Esperamos que, com um novo trabalho, uma nova casa, uma viagem ou uma condição mais favorável, a felicidade enfim virá. Não percebemos que estamos condicionando nossa felicidade às coisas e, assim, deixando nossa vida mais complexa.

Em vez de conseguirmos expressar nossa energia de alegria e bem-estar livremente, criamos uma prisão para nossa emoção da felicidade.

Equilibre suas emoções através do corpo

Tornado a vida simples

Mas como podemos tornar nossa energia mais livre e sem a complexidade? A resposta é: tornando nossos pensamentos simples e elevados. Então darei 3 dicas para que possamos simplificar e tornar nossos pensamentos mais elevados.

1 - Entre em conexão com as pessoas

Grupo de amigos em mesa brindando

A felicidade nos acomete quando estamos em contato com os outros. Não podemos ser felizes apartados em uma ilha. Precisamos aumentar nossa rede e valorizar as pessoas. Dalai Lama fala que muito do sofrimento do mundo ocorre porque valorizamos mais as coisas e usamos as pessoas. Esquecemos que coisas são feitas para serem usadas e descartadas, mas as pessoas devem sempre ser valorizadas.

2 - Ative a generosidade

De nada adianta nos relacionarmos com os outros desejando que eles supram nossas carências. A semente da felicidade só pode germinar no campo da generosidade e oferecimento. Devemos então sempre ver o que podemos ofertar ao outro e como colaboramos para que a vida de quem nos cerca se preencha de alegria e méritos. Esse é um caminho mais simples para felicidade, pois assim geramos uma rede e uma forma mais fácil de nos movermos no mundo.

3 - A felicidade é no aqui e no agora

Mulher segurando vela ponto de luz em frente ao corpo

Não precisamos colocar nossa felicidade nas coisas, pois, na verdade, ela sempre brota em nosso interior. O momento para sermos felizes é agora, e toda vez que não manifestamos essa energia de alegria e felicidade, estamos desperdiçando nosso precioso tempo neste planeta. Nossa vida não é infinita, e nosso tempo é muito valioso para desperdiçarmos com emoções menores, que nos tiram nossa paz de espírito e tranquilidade.

Se manifestamos a felicidade na dependência das coisas, também podemos manifestá-la livre dessas dependências. Ela pode ser ativada no aqui e no agora. Basta que entendamos de onde vem essa energia. Ela não vem de uma viagem, de coisas ou de bens. Ela vem de dentro de nós e basta que comecemos a praticar hoje para que desenvolvamos essa energia de alegria e bem-estar constantes.


Leia também: O professor da vida chamado sofrimento

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Psicólogo clínico laureado pela PUCRS. Atende crianças, jovens e adultos. Palestrante sobre a temática do inconsciente.