Compartilhar

por Erickson Rosa

Como identificar e sair da zona de conforto

Daqui não saio, daqui ninguém me tira. Não importa se estou sofrendo com a situação, sair da zona de conforto, mesmo que para melhor, é um desafio quase que sobre-humano quando não percebemos que estamos caindo nessa armadilha.

A zona de conforto é uma forma de se autossabotar, pois a pessoa fica presa em uma inflexibilidade de visão e comportamento. É como se não tivesse outras opções em sua vida. Ela mesma limita suas opções.

Se você não sabe se está caindo nessa armadilha ou não, vou nesse texto mostrar 3 situações que podem identificar se está sabotando sua vida por estar na zona de conforto. Vamos lá:

Viver reclamando 

O ambiente possui um pouco de influência sobre nossos resultados, contudo, creditar 100% de responsabilidade ao meio é tirar a possibilidade de mudança de suas mãos. Se você acha que os culpados por sua situação são sempre os outros, isso é uma forma de cair na mesmice e não sair de sua zona de conforto.

Se você assume que os resultados de sua vida dependem de você, fica muito mais fácil mudar quaisquer situações. Se você espera que o mundo, as pessoas, ou qualquer outra coisa externa mude para que você seja feliz, é algo quase perto do impossível. Mais fácil mudar a si mesma(o).

Fatalismo

Fatalismo significa o pensamento de que as coisas são assim mesmo, que nada muda. Um exemplo seria uma pessoa que não consegue prosperar. Essa pessoa acredita que a realidade é assim mesmo e que nunca vai mudar. Isso cria uma inatividade e diminui sua ação no mundo.

A pessoa acredita que suas ações não possuem efeito e que nada irá mudar. Para resolver esse problema é necessário ampliar sua visão e ver que toda ação que temos gera um resultado. O problema é que estamos repetindo as mesmas ações e, assim, temos os mesmos resultados.

Repetição

A repetição dos eventos é um dos maiores sinais de que você está preso em sua zona de conforto e de que precisa sair imediatamente. A repetição que me refiro é a dos eventos em sua vida. Se você está sempre vivendo os mesmos eventos repetidos como problemas nos relacionamentos, falta de dinheiro, dificuldade de prosperar, entre outros, esses são sintomas que mostram que está presa(o) na repetição de seus comportamentos e isso está gerando os mesmos resultados.

Se você está presa(o) na zona de conforto só saberá agir no mundo de uma maneira limitada e isso reduz sua possibilidade de alcançar seus objetivos. É preciso aprender novas maneiras de agir e, para isso, temos que sair da zona de conforto, daquilo que é familiar, mas que nos produz muito sofrimento.

Se quiser saber mais sobre a zona de conforto e outras maneiras de identificar se está nela, eu deixo aqui um vídeo que gravei em meu canal no Youtube falando sobre outras 3 maneiras de identificar a zona de conforto que sabota sua vida. 

Se gostou desse artigo, compartilhe para que mais pessoas possam chegar nessa informação. Afinal, é importante sairmos da zona de conforto. Um grande abraço e até a próxima.

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.