Compartilhar

por Paulo Bregantin

Entenda o que significa a expressão passar pelo vale

Hoje, fui levado a pensar sobre uma situação interessante: O que o vale pode nos ensinar?

O Vale quando olhamos no dicionário tem um significado muito peculiar, pois é descrito como uma “depressão” alongada entre duas montanhas, ou um “acidente” geográfico cujo o tamanho pode variar entre alguns quilômetros quadrados ou centenas de milhares de quilômetros quadrados ou um alongamento cavado por um rio ou geleira. 

O início de cada descrição da palavra “vale” me chamou muito atenção, pois elas começam com: depressão, alongamento e acidente, ou seja, é um problema que acometeu uma parte geográfica de um terreno que deveria ser normal. Porém, esse mesmo vale tem outras características que me interessou, pois, o vale está sempre entre montanhas, rios, geleiras, plantas e árvores. 

Mulher branca de olhos fechados.

Ao mesmo tempo que o vale é um local cheio de problema é também onde existe o melhor das vegetações. Podemos então de forma analógica fazer um estudo sobre a vida levando em consideração o vale, ou seja, estamos muitas vezes vivendo um processo de depressão onde não entendemos muito bem o que está acontecendo e porque está acontecendo. Esse período pode ser “alongado”, pois em tempo de depressão o tempo parece não andar e cada minuto é, sem dúvida, um momento de dor e falta de entendimento de si mesmo e dos que estão em volta, parece mesmo que sofremos um “acidente” de percurso, pois não estávamos preparados para enfrentar a vivência em um vale, até porque fomos criados para viver em picos e montanhas (em cima e sobre todas as coisas), mas não existe montanhas e picos sem os vales. 

Da mesma forma onde existe a depressão, alongamento e acidente é no vale onde encontramos as melhores possibilidades, pois é do vale que podemos alcançar as montanhas, nos refrigerar nos rios que estão cortando o vale, comer dos frutos das plantas e árvores que estão plantadas no vale, conhecer o frio (que significa limite), sim, no frio entendemos nossos limites.

Você também pode gostar:

Estar no vale então significa que as verdadeiras possibilidades estão acontecendo em nossa volta. Viver um tempo no vale significa aprendizado, autoconhecimento e autoentendimento, é na realidade a forma que a vida nos oferece para sermos normais e frutíferos. 

Quando perceber que está passando pelo vale de agora em diante acredite é o melhor lugar para se estar.

Creio que para ver as montanhas é fundamental conhecer os vales.

Compartilhar

Paulo Bregantin

+ artigos

Mais de 25 anos dedicado ao cuidado de pessoas, sendo Psicanalista Clínico e escritor com várias obras publicadas. Atua nas redes sociais como dono, gerenciando a página Paulo Bregantin e o Grupo Psicanálise Integrativa.

facebook /Paulo-Bregantin