Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura

Compreenda como a medicina mais antiga do mundo pode ajudar a melhorar a energia vital do seu corpo e mente através de recursos alternativos. Conheça as técnicas e a história da medicina chinesa e se surpreenda.

Níveis da MTC

A Medicina Tradicional Chinesa oferece uma ampla gama de modalidades terapêuticas que são indicadas pelo profissional específico de acordo com a natureza do problema do paciente ou mesmo desejo terapêutico.

Basicamente, são denominados níveis terapêuticos da MTC as mais diversas modalidades de tratamento, sendo que os níveis vão das práticas mais "físicas", até as mais "sutis". Como assim? Vamos explicar:

No primeiro nível terapêutico estão as práticas corporais na qual o terapeuta utiliza suas mãos para melhorar a circulação energética. Neste nível encontramos a Tui Ná, Acupressura.

No segundo nível, usam-se ervas e produtos animais e minerais para tratar o paciente. Como exemplo, temos a fitoterapia chinesa.

O terceiro nível, é o da acupuntura. Aqui incluimos moxabustão, acupuntura com agulhas, auriculoterapia, acupuntura a laser e eletroacupuntura (os 3 últimos bem mais modernos e "ocidentalizados").

No quarto nível, existe a projeção de energia Qi dentro das agulhas, meridianos e órgãos internos. Este é o nível mais alto de habilidade de cura e que requer anos adicionais de treinamento e prática na China antiga. Nesse nível, também existem práticas não creditadas exclusivamente da Medicina Tradicional Chinesa, mas que também abordam o conceito da circulação do Qi que valem menções, como o Reiki, a Terapia Prânica, dentre outros.

Todas as informações contidas neste tópico são ensinamentos decorrentes de anos de estudo do pai da Terapia Prânica moderna, Grand Master Choa Kok Sui, um profundo conhecedor e desbravador na Ciência Chinesa e práticas de manipulação do Qi, na qual eu gostaria de agradecer aqui. Fonte: uniprana

Compartilhar