Compartilhar

por Erickson Rosa

O erro crucial que impede sua felicidade

Todos nós buscamos ser felizes. O simples fato de estar lendo esse texto significa que você está em busca da felicidade. Entretanto, muita gente se engana em algo crucial. Algo que define sua felicidade.

E que erro crucial é esse?

Tenho certeza de que veio até aqui para saber que erro é esse. E, quando souber, pode ser que se decepcione um pouco. Mas leia até o fim que vai entender porque tantas pessoas sofrem mesmo que busquem de maneira incessante a felicidade.

O erro crucial é tentar fugir da dor. Parece estranho? Calma, eu explico. Na vida, é impossível fugirmos de situações problemáticas. É impossível vivermos uma vida sem problemas. Entretanto, isso não impede que você (assim como todos) fique tentando resolver todos os problemas, inclusive os mais insignificantes da vida. Assim, ficamos com a mente presa em solucionar problemas, ao invés de vivermos a felicidade e o que ela tem a oferecer.

Se ainda não está convencido disso, experimente sentar ao sol e sentir a brisa que sopra em seu corpo. Após dois minutos, sua mente vai começar a resolver os problemas de sua vida, vai ser carregada para outro momento que não seja o aqui e o agora.

Isso acontece porque nossa mente é responsiva, ou seja, ela é carregada por qualquer pensamento ou evento que ocorra. Se você está descansando e de repente um pensamento sobre seu trabalho aparece, logo você se vê resolvendo as coisas que “têm que ser feitas”. Não importa se está na praia ou se locomovendo para sua casa. Seus pensamentos ainda carregam você.

Devemos desenvolver uma capacidade de controlar nossa própria mente e não sermos mais carregados por nossos próprios pensamentos. Assim, podemos viver intensamente cada momento que se apresenta em nossa frente. Isso se chama felicidade. Viver o aqui e o agora.

O passado e o futuro são invenções da mente humana. A única coisa que existe é o aqui e o agora. Quando não vivemos no presente, estamos apenas na ansiedade do futuro ou na amargura do passado.

Porém, também podemos ficar fugindo da dor e evitando problemas. Quando falo em fugir da dor, estou me referindo a ficar preocupado em resolver os problemas e não olhar as coisas positivas que tem na vida. O foco fica sendo resolver os problemas e não viver a felicidade. Evitando qualquer dor.

Outro ponto é a aceitação. Muitas vezes, temos situações em nossa vida que devemos aceitar. Como disse Reinhold Niebuhr: “Concedei-nos, Senhor, serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos e sabedoria para distinguirmos umas das outras”. Ou seja, é mais fácil aceitarmos algumas situações dolorosas do que ficar lutando contra elas. Assim, podemos ter mais tempo para aproveitar as alegrias que a vida nos propicia.

Aceitar que teremos problemas e que eles fazem parte da vida é diminuir o sofrimento em relação a esses problemas. Assim, damos mais espaço para que nossa mente veja as coisas boas que a vida tem a oferecer. Isso faz sentido para você?

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Psicólogo clínico laureado pela PUCRS. Atende crianças, jovens e adultos. Palestrante sobre a temática do inconsciente.

site www.coachmatinal.com.br

email [email protected]

celular (51) 99543-3715