Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Os 12 arquétipos

Entender o ser humano sempre será um grande desafio. Porém, alguns estudos podem ajudar bastante e fazer com que a mente humana seja algo nem tão obscuro assim. Um desses estudos que tenta mapear os tipos de pessoas que podemos encontrar foi feito pelo psicólogo Carl Gustav Jung.

Jung definiu 12 arquétipos que nos ajudam a entender padrões de comportamento que existem nas pessoas. Um arquétipo é um conjunto de características que definem um padrão que pode nos mostrar um pouco sobre as diversas personalidades, comportamentos e tipos psicológicos de pessoas. Veja abaixo os 12 arquétipos estudados por Jung e descubra se você se encaixa em algum deles:

O inocente

O inocente só quer ser feliz do seu próprio jeito. Se por um lado ele tem uma espontaneidade saudável, por outro pode ser ingênuo em algumas situações. É utópico, otimista e sonhador. Tem medo de ser punido por fazer algo errado.

O cara comum

É uma pessoa considerada “do bem” por sempre buscar se adequar aos padrões sociais para não desagradar ninguém. O problema é exatamente perder a sua individualidade em busca dessa adequação. O mais importante para pessoas assim é se sentir parte de um todo.

O herói

É o arquétipo do guerreiro que busca batalhas para se afirmar por meio de atos corajosos. Seu maior medo é parecer covarde para os outros. Sua qualidade é ter a coragem e a vontade de lutar por algo que melhore o mundo de alguma forma.

O cuidador

Pessoas com forte ligação com esse arquétipo têm uma habilidade natural para cuidar dos outros. Ajudar o próximo é uma forma de ajudar a si mesmo, por isso, um dos problemas desse tipo de pessoa é ser explorado pelos outros por ser prestativo demais.

O explorador

O explorador gosta de liberdade e de crescer como pessoa por meio de novas experiências. A rotina é o que ele mais teme, pois sua natureza o faz buscar o novo. Seu maior problema é quando não tem um destino certo, o que o faz vagar sem um propósito de vida.

O rebelde

Esse arquétipo nos mostra pessoas que buscam quebrar padrões para mostrar ao mundo a necessidade de evolução. Muitas vezes, podem ser incompreendidos pelos seus ideais, mas podem alcançar grandes feitos se persistir com eles.

O amante

Para o amante o que mais importa no mundo são os relacionamentos. Ele vê um sentido na sua vida ao se relacionar com os outros e o seu maior medo é acabar sozinho. Busca ser cada vez mais uma pessoa amável, para poder se aproximar das pessoas.

O criador

É um inventor, um artista nato que tem a visão de algo que ainda não existe e trabalha para concretizá-la. Pode ser perfeccionista e teme a mediocridade. Seu lema é que se algo pode ser imaginado, também pode ser criado.

O tolo

É o arquétipo do alto-astral. Alegrar os outros é algo natural para ele e o que ele de fato não quer é um mundo chato e sem risadas. O entretenimento é o seu universo, mas tem uma tendência a cair na frivolidade.

O sábio

É um grande professor que não para de buscar a verdade e o conhecimento. Sua vida é dedicada a essa busca. A sua fraqueza é, às vezes, estudar demais e agir pouco. Seu ponto forte é a capacidade que tem para ensinar os outros.

O mago

É um visionário que acredita ser possível criar um mundo de acordo com as suas crenças. Tem o poder da vontade e sabe como concretizar as coisas de acordo com as leis universais. O seu problema é aprender a lidar com as consequências negativas de suas criações.

O governante

Todo grupo precisa de um líder e, por isso, existe o arquétipo do governante. Ele tem o dom da autoridade e sabe como se impor para que a ordem seja estabelecida. O seu defeito é quando abusa desse poder e acaba sendo autoritário demais. 


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.