por Alex Nielsen

Os benefícios de uma Constelação Familiar

Como já explanei em meu último artigo, a constelação familiar sistêmica é uma abordagem terapêutica que causa grandes transformações no indivíduo. Este método foi desenvolvido pelo alemão Bert Hellinger, no qual através de ações com características vivenciais e com fortes sensações corporais, é empregada como complemento a abordagens psicoterapêuticas.

Hellinger descobriu que existe um inconsciente familiar estruturado a partir de toda a história que compõem a linhagem familiar de um indivíduo. Estas são regidas por algumas “ordens naturais”, criando padrões e repetições na vida atual. Mas quando são restauradas através de uma constelação sistêmica, exercem um efeito terapêutico. Quando a constelação do cliente é aberta, pois ela já existe no campo sistêmico, transmite aos representantes que participam uma imagem espacial e energética relacionada entre os membros da família existente (do cliente), permitindo canalizar os sentimentos e impulsos dos mesmos. Estas sensações corporais são exploradas pelo terapeuta sistêmico, ou facilitador, para encontrar uma solução à questão trazida por seu cliente.

Está abordagem identifica pontos psicológicos e emocionais emaranhados de origem familiar, que condicionam os comportamentos do indivíduo, dando a origem das dificuldades emocionais e aos padrões de comportamento que são reproduzidos, trazendo sofrimentos ao longo da vida.

É necessário compreender que a história de nossa família está impressa em nossas células e estas informações ou ordens é o que permitem que a vida flua entre nós. Estas ordens se traduzem em qualidades e características positivas, mas da mesma forma, herdamos os conflitos que não foram resolvidos dentro de nosso sistema familiar, devido aos seguintes fatores:

  • Disputas por herança; 

  • Separações que causaram traumas; 

  • Exclusão de membros da família; 

  • Desordem na hierarquia dentro da família; 

  • Segredos de família, traições, filhos não reconhecidos, crimes, etc.; 

  • Violências dentro e/ou fora da família; 

  • Perdas trágicas na família; 

  • Abortos; 

  • E outros.

O terapeuta sistêmico, através da constelação, identifica e trabalha estes possíveis fatores, atuando de forma direta, proporcionando alívio e libertação destas “heranças” de seu cliente e seu sistema familiar, permitindo que a ordem se restabeleça.

Os movimentos de constelação familiar podem ser em grupos ou individuais, com o auxílio de bonecos, que é o mais usual entre a técnica individual.

Procure um grupo de constelação em sua cidade e permita este movimento de cura, libertação e amor. 

Alex Nielsen

+ artigos

Coach de Inteligência Emocional, Facilitador e Trainer em Constelação Familiar Sistêmica e Terapeuta Sistêmico. Comunicador da Rádio Mundial (95.7 FM) e autor da Editora Madras, com o livro Despertar Emocional.