por Erickson Rosa

Como aproveitar melhor o seu tempo

Como está o tempo em sua vida? Isso mesmo, hoje eu quero falar sobre o tempo e como podemos fazer para não desperdiçá-lo. Falo em desperdiçar, pois muitas pessoas acabam jogando fora o tempo que possuem com coisas inúteis e que geram mais sofrimento. Porém, podemos mudar essa situação se realizarmos uma pequena mudança de percepção, mas antes de falar dessa mudança, vamos falar sobre o desperdício do tempo. 

Como desperdiçamos o nosso tempo? 

Desperdiçamos quando vivemos a vida com mágoa e rancor de pessoas, quando reclamamos de nossa sorte ou no momento que desejamos mal para as outras pessoas. Nesse momento, estamos nos preenchendo com pensamentos e emoções negativas e perturbadoras, que provocam reações e comportamentos nocivos para nós e para as pessoas que estão ao nosso redor. Essas emoções demandam tempo, pois ficamos ruminando o acontecimento, nos irritando com pessoas à volta e nos sentindo mal durante aqueles momentos. 

Obviamente, não podemos simplesmente ignorar essas emoções e deixar de senti-las. As emoções e pensamentos irão surgir sempre diante dos eventos e acontecimentos. É impossível pará-los! Pior, se ignoramos as nossas emoções, elas se tornam mais fortes e nos dominam quando estamos mais distraídos. 

Qual a solução? 

Você já percebeu que normalmente as pessoas dizem que são irritadas, que são ansiosas, que são medrosas... Entretanto, estão enganadas! Se você é uma dessas pessoas, também está enganada. Ninguém é uma emoção ou um estado. Nós não somos a raiva, apenas a sentimos, somos os criadores de nossos pensamentos e emoções. Se mudarmos a perspectiva, veremos que podemos deixar de nos fixarmos nessas emoções. Continuaremos sentindo, mas não deixaremos que a emoção perturbadora roube o nosso tempo como antes. Se ficar irritado, lembre-se que você não é sua raiva, mas sim o criador dela. Isso tende a fazer sua raiva diminuir e não durar mais que cinco minutos. Até mesmo porque a neurociência diz que quando nos irritamos por mais de cinco minutos, o nosso cérebro cria um caminho para essa raiva e a possibilidade de ficarmos irritados em uma situação similar aumenta drasticamente. Em outras palavras, quanto mais vamos mantendo as emoções e pensamentos negativos, vamos criando mais possibilidades de voltarmos a sentir essas emoções negativas e sermos dominados por aquilo que nós mesmos criamos. 

Podemos entender que as emoções e os pensamentos são criados por nós, mas nós não somos esses pensamentos e emoções. Ao ficar irritado, aceite sua raiva, mas não se identifique com ela. Perceba o real motivo de sua raiva, tristeza, amargura ou rancor, compreenda suas emoções, mas entenda que elas possuem uma origem e que elas não são você. 

Quando não cultivamos as emoções negativas, vivenciamos mais as positivas e podemos encontrar a felicidade ao lado das pessoas que amamos. Em outras palavras, quanto menos tempo perder expressando emoções negativas, mais aproveitará seu tempo de maneira feliz e positiva. Quanto menos reclamar, lamuriar, guardar rancor e seguir as emoções negativas que brotam, mais tempo viverá de maneira plena e feliz. E então? Como você está utilizando o seu tempo hoje? 

Erickson Rosa

+ artigos

Terapeuta holístico, Mestre Reikiano e formado em psicoterapia holística. Fundador do Coach Matinal e autor do e-book Ansiedade Sem Remédios. Ministra cursos e eventos com temas como a motivação, psicossomática, fisiognomonia e meditação.