Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Criação do Japão: Izanagi e Izanami

Alguns países surgiram pela invasão estrangeira, outros surgiram por meio dos povos nômades, e alguns deles, dizem as lendas, surgiram pelas mãos dos deuses. Esse é o caso do Japão.

De acordo com os registros mais antigos da criação das ilhas que formam o Japão, foram dois deuses, Izanagi e Inazami, os criadores do Japão, além de terem criado diversos fenômenos naturais, outros deuses e o povo japonês como um todo.

Antes de existir o Japão, o mundo existia, mas era diferente de como conhecemos hoje. O mundo havia surgido do caos e em sua superfície existia apenas um imenso oceano que era a representação desse caos. Os primeiros deuses desse mundo resolveram habitar esse local e para isso começaram a mudar as coisas como eram. Então, esses deuses primordiais criaram Izanagi (que significa “aquele que é convidado”) e Izanami (que significa “aquele que convida”).

Esses dois deuses se tornaram marido e mulher e criaram uma morada para eles nesse mundo. A partir de então, começaram a ter filhos. Mas, como eram deuses enviados do céu, seus filhos não eram humanos.

Os filhos de Izanami e Izanagi tiveram diversas formas, desde monstros até deuses, mas o que mais chamou atenção foram os filhos que eram ilhas de terra. Essas ilhas seriam o que conhecemos hoje como o Japão, o que simboliza uma terra que veio do amor de deuses.

Mas, como nem para os deuses tudo é perfeito, o último filho deles foi Kagutsushi, um deus do fogo. O problema é que suas chamas eram tão fortes que acabaram queimando sua mãe, Izanami, o que acabou matando-a.

Izanagi caiu em uma profunda melancolia e foi resgatar Izanami no mundo dos mortos. O problema é que, quando chegou lá, encontrou a esposa em decomposição, o que deixou a deusa furiosa em ser vista daquela forma. Izanami não queria mais o marido. Mandou soldados e deuses infernais para persegui-lo. Ela então decidiu se separar dele e selou a passagem do mundo dos mortos com uma rocha, para que o mundo dos vivos não pudesse mais ter contato com ela. Como último de seus desejos, foi se banhar no mar.

Ao entrar no mar, foi jogando seus pertences que viraram outros deuses. E, ao se lavar, mais deuses surgiram. De seu olho esquerdo banhado surgiu a deusa do sol, Amaterasu. Do seu olho direito surgiu Tsuki-Yomi, o deus da lua. E de seu nariz banhado surgiu Suzanowo, o deus da tempestade. E assim novos deuses viveriam para tomar conta das terras e do povo japonês. 


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.