Compartilhar

por Erickson Rosa

O objetivo de nossas vidas

Muitas pessoas buscam encontrar a sua missão de vida. Nos últimos tempos, isso tem virado sinônimo de trabalhar fazendo o que se ama. Parece-me que se perde de vista o que deveria ser o principal objetivo de nossa vida. Esse objetivo é tão importante que sem ele fica muito difícil andarmos no mundo e acabamos encontrando muitas dificuldades.

Entretanto, para alcançarmos nosso objetivo de vida, temos que desenvolver 3 habilidades. Antes de falar dessas habilidades, permita-me explicar o que é esse objetivo de vida. É algo muito simples: beneficiar as pessoas. Porém não é apenas beneficiar, mas sim levar benefícios para as pessoas sem esperar nada em troca. Quando digo isso muitas pessoas não conseguem ver o que ganhariam em sua vida beneficiando as pessoas sem ganhar nada. Esse tipo de pensamento ocorre porque a pessoa ainda não desenvolveu as 3 habilidades. Sem as 3 habilidades necessárias para beneficiar as pessoas, as dificuldades eventualmente ocorrem na vida do sujeito.

Ao levar benefício para a vida das pessoas, nossos méritos aumentam e a felicidade também é promovida. Estudos feitos pela psicologia positiva mostraram que as pessoas ficam mais felizes quando oferecem algo do que quando recebem. No experimento, ofereciam à pessoa a possibilidade de comprar um presente de para si e depois de para comprar um presente para uma pessoa qualquer que passava na rua. As pessoas se sentiam melhor quando doavam do que quando recebiam os presentes.

Entretanto, por mais que saibamos que auxiliar alguém nos torna mais felizes, na correria da vida, acabamos não conseguindo fazer isso com tanta frequência, pois tal atitude não é central em nossa vida. Ao invés disso, ficamos buscando alcançar situações e ambientes mais favoráveis, como se eles fossem nossa salvação. Mas as coisas foram feitas para serem usadas e as pessoas, para serem amadas. O problema é que invertemos isso e acabamos ignorando as pessoas. Por isso, devemos buscar desenvolver as 3 habilidades. As 3 habilidades para conseguirmos beneficiar as pessoas são a compaixão, a energia constante e a ação de poder.

A compaixão é a capacidade de compreender o sofrimento do outro e de gerar benefício no mundo do outro. É a habilidade de querer auxiliar aquela pessoa, independente da forma que essa pessoa se manifeste. Quando se possui essa habilidade, se consegue ter um olhar compassivo e gerar méritos e benefícios ao outro.

A energia constante é a habilidade de mantermos o foco em auxiliar as pessoas em todas as nossas relações. Se formos capazes de manter esse objetivo claro em nossa mente, muitas portas se abrem em nosso caminho. Assim os grandes mestres se movimentam no mundo.

Finalmente a ação de poder é quando a pessoa não se afeta com o comportamento e as atitudes do outro. Ela consegue manter sua mente e energia mesmo quando as situações não são favoráveis. Dessa forma, podemos gerar benefícios mesmo àqueles que nos geram ações negativas. Esse tipo de pensamento não é convencional e muitas pessoas perguntam: por que gerar benefícios a quem me prejudica? Por que não podemos combater fogo com fogo? Para que a violência cesse, devemos pacificar as relações e gerar benefícios é um ótimo modo.

Compartilhar

Erickson Rosa

+ artigos

Psicólogo clínico laureado pela PUCRS. Atende crianças, jovens e adultos. Palestrante sobre a temática do inconsciente.

site www.coachmatinal.com.br

email [email protected]

celular (51) 99543-3715