Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

7 grandes mistérios da astronomia

Um dos maiores mistérios que sempre vai nos fascinar é descobrir o que existe na imensidão do universo. Por mais que a astrofísica avance e descubra novos planetas, estrelas e galáxias, ainda estamos longe de descobrir e compreender tudo o que nos rodeia no espaço. Veja abaixo 7 grandes mistérios que a astronomia ainda não conseguiu explicar.

O planeta que não deveria existir

O Kepler 78b é um planeta que teoricamente não deveria existir. Ele é o que os cientistas chamam de “exoplaneta”, que é um planeta que gira em torno de outra estrela que não o Sol. O mistério em relação a ele é que, por um lado, tem características semelhantes à Terra e, por outro, não faz sentido ele continuar existindo. Ele tem mais ou menos o mesmo tamanho da Terra, com uma superfície rochosa e um núcleo de ferro. Mas, a partir daqui, as coisas começam a ficar estranhas. O tempo que ele leva para girar em torno da estrela que orbita é 8,5 horas. Um dia bem mais curto que o nosso por aqui. Além disso, ele está tão próximo da estrela que a temperatura por lá é cerca de 2 mil graus Celsius mais quente que aqui. O mistério que os cientistas ainda não conseguiram explicar é como o planeta não foi engolido pela estrela, levando em conta a proximidade dos dois. Na teoria, isso já devia ter acontecido, mas ele continua lá.

Buracos negros médios

Um buraco negro, de forma bem simplificada, é um buraco que se abre no espaço com a explosão de uma estrela. Ele tem uma massa tão pesada que suga tudo que está ao seu redor, até mesmo a luz. Um dos mistérios sobre eles é o tamanho. Existem buracos negros pequenos e outros imensos. Mas não existem buracos negros de tamanho médio. Os cientistas ainda não descobriram como eles podem crescer tanto de tamanho sem deixar sinais da fase de crescimento deles.

Uma estrela que se mantém jovem

Na constelação de Escorpião, existe um aglomerado de estrelas com o nome de Messier 4. O que é curioso nessas estrelas é que existe uma delas composta de lítio. O lítio é um elemento destruído nas primeiras fases do ciclo de vida de uma estrela. Então, como essa estrela conseguiu manter o lítio mesmo depois dessas fases? Ainda é um mistério.

A estrela mais velha de todas

Na constelação de Leão, existe a estrela mais antiga já descoberta. O nome dela é meio extenso: SDSS J102915 +172927. Ela tem cerca de 13 bilhões de anos, mais ou menos a mesma idade estimada do universo. Além disso, é formada de Hélio e Hidrogênio e tem metais e massa abaixo do normal, o que, de acordo com a teoria de como as estrelas surgem, faz com que ela nem devesse existir. Por que ela existe ainda é um mistério.

Estrelas híbridas e o surgimento de novas estrelas

Na década de 1970, dois cientistas criaram a teoria do “Objeto Thorne-Zytkow” (TZOs). Eles estudaram a hipótese de estrelas de composições diferentes de certa forma “engolirem” uma a outra e assim darem vida a uma nova estrela. Até hoje, os cientistas ainda não sabem explicar esse fenômeno nem se alguns surgimentos de estrelas são a partir de fenômenos ainda mais complexos. Mais um mistério sobre os surgimentos das estrelas que ainda está para ser desvendado.

Polaris, a estrela que brilha cada vez mais

No hemisfério norte, as pessoas podem usar a estrela polar, conhecida como Polaris, para se orientar pelo céu (da mesma forma que fazemos com a estrela Cruzeiro do Sul no hemisfério sul). O que os cientistas ainda não conseguem explicar é como ela aumenta o seu brilho cada vez mais. Além desse brilho misterioso, a distância dela para a Terra também é fonte de controvérsias pelos estudiosos da astronomia.

Energia escura

De acordo com as teorias astronômicas, cerca de 74% do universo é composto de energia escura. Mas o que é essa energia? Esse é o mistério. Ainda não existem estudos esclarecedores o suficiente para nos dizer o que é a energia escura. O que sabemos é que ela está lá e teoricamente tem o efeito inverso da gravidade, empurrando o que está em volta dela para fora, em um movimento de expansão que acompanha a expansão do universo. A energia escura é um enigma tão grande, que é considerado pelos astrônomos o maior mistério do universo.


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.