Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

5 curiosidades sobre os planetas do Sistema Solar

Bastante conhecidos por influenciarem os signos e, consequentemente, nossos dias, nossas semanas e nossa vida, os planetas sempre fascinaram os seres humanos e são estudados há centenas de anos.

Enquanto a astrologia estuda a influência dos astros sobre as nossas vidas, a astronomia é o estudo científico sobre a composição dos planetas e outras informações sobre como eles são. Você sabe, por exemplo, qual é o maior planeta do Sistema Solar? Sabe qual é o mais frio, o mais quente ou o menor? Preparamos uma lista com cinco curiosidades sobre cada um dos planetas para encher você de conhecimento. Confira!

Mercúrio

Mercúrio.

Conhecido por ser o regente dos signos de Gêmeos e Virgem, confira algumas curiosidades de Mercúrio:

1. Mercúrio é o menor planeta do Sistema Solar, com “apenas” 74.8 milhões quilômetros quadrados. Para se ter uma noção de como é menor em relação a outros planetas, a Terra tem 510.10 milhões de quilômetros quadrados.

2. É o planeta com mais crateras em nosso Sistema Solar, mais até do que o nosso satélite, a Lua. Essa característica se dá pelo fato de que o planeta é frequentemente atingido por asteroides e cometas.

3. Enquanto o núcleo da Terra é formado por ferro e por outras ligas metálicas, ou seja, é um núcleo sólido, é consenso entre os cientistas que o núcleo de Mercúrio é formado apenas por magma completamente derretido.

4. Você sabia que Mercúrio é o planeta mais próximo do Sol? Por isso é possível vê-lo pela manhã com o auxílio de telescópios. Apesar disso, Mercúrio não é o planeta mais quente do nosso Sistema Solar, posto ocupado por Vênus.

5. O dia de Mercúrio é consideravelmente maior do que um dia na Terra. A diferença é grande: um dia nesse pequeno planeta equivale a 59 dias na Terra, quase dois meses.

Vênus

Vênus.

Nomeada em homenagem à deusa do amor de da beleza, Vênus é a regente dos signos de Touro e Libra. Veja algumas curiosidades sobre ela:

1. Muita gente acha que Marte é o planeta mais parecido com a Terra no nosso Sistema Solar, mas a verdade é que esse posto fica com Vênus, porque esse planeta tem quase o mesmo tamanho que a Terra, além de uma composição e uma órbita muito parecidas.

2. Vênus é o planeta mais quente do Sistema Solar, com temperaturas que chegam a 470 ºC, temperatura alta o suficiente para derreter até mesmo chumbo.

3. A proximidade desse planeta com o nosso faz com que ele seja o mais brilhante planeta no nosso céu, perdendo apenas para a Lua, que não é um planeta. Antigamente, no século XVI, os babilônios chamavam Vênus de “brilhante rainha do céu”.

Entenda a relação entre os chakras e os planetas

4. Enquanto quase todos os planetas do nosso Sistema Solar giram em seu eixo no sentido anti-horário, Vênus é “diferentão” e gira no sentido horário. Além dele, apenas Urano faz o mesmo movimento.

5. Enquanto nosso dia aqui na Terra tem 24 horas, o um dia no planeta Vênus chega a 243 dias terrestres. Algo que pode causar estranhamento é o fato de que os dias de Vênus são mais curtos do que seus anos (o dia equivale ao tempo em que o planeta gira em seu próprio eixo, enquanto o ano equivale ao tempo em que o planeta gira em torno do Sol). Um ano, em Vênus, equivale a apenas 19 dias da Terra.

Marte

Marte.

O nome desse planeta é uma homenagem ao deus da guerra da mitologia romana, por isso é também o regente dos combativos nativos do signo de Áries. Veja alguns fatos interessantes sobre esse planeta:

1. Marte tem duas luas, que são bem pequenas e desiguais. Elas se chamam Fobos (“medo”, em grego) e Deimos (“terror”, em grego). Esses dois satélites foram descobertos em 1877 pelo astrônomo Asaph Hall.

2. Entre todos os planetas do nosso Sistema Solar, Marte é aquele que tem o maior vulcão. O Monte Olimpo, nome que esse vulcão recebeu, tem 624 km de diâmetro e 25 km de altura, sendo três vezes maior do que a nossa maior montanha, o Monte Everest. Apesar dos números assustadores, esse vulcão não está mais em atividade.

3. Há muito tempo, Marte tinha grandes oceanos em sua superfície, como a Terra, mas eles não existem mais, não se sabe exatamente o porquê. Hoje, Marte ainda tem gelo em sua superfície e água em estado líquido no subsolo.

4. Grandes tempestades de poeira acontecem na superfície do Planeta Vermelho, tempestades que podem chegar a 500 km/h, muito mais fortes do que qualquer furacão que vimos atingir a Terra.

5. A duração do dia em Marte é muito parecida com a duração de um dia na Terra, já que lá é apenas 5% maior do que aqui. O dia marciano tem 24 horas, 37 minutos e 23 segundos. Enquanto nosso ano (ciclo em que o planeta dá uma volta completa no Sol) tem 365 dias, o de Marte tem 669 dias.

Júpiter

Jupiter.

Regente do signo de Sagitário e um dos regentes do signo de Peixes, Júpiter é o maior planeta do nosso Sistema Solar. Confira algumas informações sobre ele:

1. Você já ouviu falar que Júpiter é um gigante gasoso? Isso significa que esse planeta, assim como outros do Sistema Solar, não tem uma superfície sólida, então seria impossível, por exemplo, pisar em Júpiter, já que ele é feito de uma mistura de gás e líquido. Supõe-se que ele tenha um núcleo denso e rochoso, mas sua atmosfera é formada por hidrogênio metálico líquido.

2. Enquanto a atmosfera da Terra é considerada pequena, por ter “apenas” 120 quilômetros, a atmosfera de Júpiter tem impressionantes 3 mil quilômetros de profundidade.

3. Se fosse possível pisar na superfície de Júpiter, seria praticamente impossível aguentar suas temperaturas, que podem chegar até mesmo a 140 ºC negativos. Na Terra, por exemplo, a temperatura mais fria registrada foi de 89.2 ºC negativos, na Antártida.

4. Agora vamos a alguns números que mostram o tamanho gigantesco desse planeta. Enquanto a terra tem uma área de superfície de 510 milhões de quilômetros quadrados, Júpiter tem 61.4 bilhões de quilômetros quadrados. Em relação ao diâmetro equatorial (ou horizontal), a Terra tem 12.713 quilômetros, enquanto o diâmetro de Júpiter chega a 133.200 quilômetros.

5. Se já viu uma imagem de Júpiter, é possível que tenha observado uma grande mancha vermelha, conhecida como Mancha Vermelha Gigante. Ela é — pasmem! — uma grande tempestade que acontece ininterruptamente há três séculos, algo que é comum nesse planeta enorme.

Saturno

Saturno.

Conhecido por ser regente do signo de Capricórnio e um dos regentes do signo de Aquário, leia as curiosidades sobre esse planeta caracterizado principalmente por seus anéis:

1. Assim como Júpiter, Saturno é um gigante gasoso, o que significa que é um planeta sem superfície sólida. Sua atmosfera é composta principalmente pelos gases hélio e hidrogênio, além de água, metano e etano em menor quantidade. Cientistas acreditam que seu núcleo seja tanto rochoso quanto formado por gelo.

2. Saturno é o planeta mais denso do nosso Sistema Solar; é mais denso até mesmo do que a água. O que isso significa? Significa que, se fosse possível colocar Saturno em uma piscina gigantesca, ele flutuaria na água em vez de boiar.

3. Os famosos anéis de Saturno são formados por uma mistura de gelo, poeira e partículas de asteroides. São seis os anéis principais que circundam o planeta, mas há também milhares de anéis menores.

Descubra como o alinhamento dos planetas afeta nossa vida

4. Enquanto temos apenas um satélite natural, a Lua, Saturno tem mais de 60 satélites, sendo o maior deles Titã, que é a maior lua do Sistema Solar, com 5.151 quilômetros de diâmetro.

5. Enquanto o dia em Saturno é muito mais curto do que um dia na Terra (10 horas e meia), o ano naquele planeta é consideravelmente mais longo, pois leva cerca de 30 anos.

Urano

Urano.

Um dos regentes de Aquário, esse gigante de gelo tem algumas peculiaridades bastante interessantes, conheça:

1. Ao contrário de todos os outros planetas, que foram nomeados a partir dos nomes de deuses da mitologia romana, Urano é o único planeta que recebeu o nome de um deus grego, o deus que personificava o céu.

2. Urano é conhecido por ter a atmosfera mais fria de todos os planetas do Sistema Solar, com temperaturas que chegam a 224 ºC negativos. Como tem um movimento bem lento, enquanto um polo está apontado para o Sol, o outro fica até 42 anos sem receber calor e luz — quando recebe, imensas tempestades se formam.

3. Saturno não é o único planeta que tem anéis! Urano também tem 13 anéis, apesar de serem mais finos e mais escuros do que os conhecidos anéis de Saturno.

4. Urano tem, até onde se sabe, 27 luas. A curiosidade a respeito de seus satélites é que, ao contrário de outras luas, que recebem nomes de divindades ou de palavras em grego ou latim, as luas de Urano foram nomeadas a partir dos nomes de personagens criados pelos escritores Alexander Pope e William Shakespeare.

5. Por muito tempo, Urano não foi considerado um planeta. Em 1781, por exemplo, o astrônomo William Herschel o descreveu como sendo um cometa. Foi só a partir de observações em telescópio que ele foi declarado um planeta — Urano foi o primeiro planeta “descoberto” por um telescópio.

Netuno

Netuno.

Conhecido por ser um dos regentes do signo de Peixes e nomeado em homenagem ao rei dos mares da mitologia romana, conheça detalhes sobre esse misterioso planeta:

1. Agora que Plutão não é mais considerado um planeta, Netuno é o último planeta do Sistema Solar, por isso é um dos planetas mais frios do Sistema Solar, com temperaturas que chegam a 220 ºC negativos.

2. É um gigante gasoso, assim como Júpiter, Saturno e Netuno, mas é o menor deles. Apesar de ser pequeno em relação aos seus “irmãos”, Netuno continua sendo enorme, pois tem diâmetro 8 vezes maior do que o da Terra.

3. Assim como outros gigantes gasosos, Netuno tem anéis. São cinco e a curiosidade é que eles foram nomeados em homenagem a astrônomos famosos: Galle, Le Verrier, Lassell, Arago y Adams.

4. Os ventos mais fortes e poderosos do Sistema Solar acontecem em Netuno. Estima-se que a ventania desse gigante gasoso chega a até 2 mil quilômetros por hora, uma velocidade superior à barreira do som, que é de 1.200 quilômetros por hora.

5. Até 1989, quase tudo o que sabíamos sobre Netuno estava no campo das suposições. Em agosto de 1989, porém, a sonda Voyager 2 sobrevoou o planeta e fez alguns estudos importantes, confirmando dados sobre a composição, a estrutura, os anéis, a formação da atmosfera e o tamanho do planeta.

Plutão

Plutão.

Era considerado planeta, não é mais. O fato, porém, é que continua sendo importante tanto para a astrologia quanto para a astronomia. Confira curiosidades sobre esse planeta, que é regente de Escorpião:

1. Plutão foi o planeta mais recente a ser descoberto pela astronomia. Foi somente em 1930 que o astrônomo norte-americano Clyde Tomabugh o revelou ao mundo, fazendo com que ele fosse considerado o planeta mais distante do nosso Sistema Solar.

2. Apesar disso, em 2006, a União Astronômica Internacional retirou o status de planeta de Plutão, relegando-o ao posto de planeta anão, como muitos outros que fazem parte do nosso Sistema Solar. Para se ter uma noção de como o planeta é pequeno, ele é menor do que a nossa Lua.

3. A Terra é cerca de 500 vezes mais densa do que Plutão. A massa de Plutão é tão pequena porque ele é composto apenas por rocha e metano congelado, apesar de conter também um pouco de água congelada.

4. A primeira sonda enviada para estudar Plutão, em 2006, chegou ao planeta anão apenas 10 anos depois. A New Horizons viajou cerca de 5 bilhões de quilômetros para chegar à órbita de Plutão.

Os 4 elementos e os planetas: compreenda a relação

5. “Atrás” de Plutão há um conjunto de corpos celestes conhecido como Cinturão de Kuiper, que deve ser analisado pela sonda New Horizons assim que ela terminar de analisar o planeta anão. Estima-se que esse Cinturão de Kuiper seja formado por destroços que restaram após o nascimento do nosso Sistema Solar há quase 5 bilhões de anos.

São fascinantes os planetas do nosso Sistema Solar, não é? Agora que você conhece mais sobre cada um deles, diga qual é o seu planeta preferido e compartilhe este artigo com os seus amigos, para que eles também escolham um planeta favorito.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.