Compartilhar

por Equipe Horóscopo Virtual

Aldebaran: a estrela alfa

Se o Sol já é admirável pelo seu tamanho e brilho, imagine uma estrela pelo menos 38 vezes maior que ele e que brilha pelo menos 150 vezes mais. Estamos falando de Aldebaran, uma estrela que fica a 60 mil anos-luz da Terra.

O que fascina sobre essa estrela é exatamente o seu tamanho e brilho. Para os astrônomos e observadores do céu noturno, ela é notável vista inclusive do planeta Terra. Além do tamanho, essa estrela também já foi fruto de inspiração para a criação de histórias e mitos sobre a sua origem.

O nome original da estrela vem do árabe e traduzindo ficaria algo como “o seguidor”. Esse significado teria relação com a posição da estrela na constelação de Touro (é a principal estrela dessa constelação), que surge no céu logo depois da aparição da constelação de Plêiades. Assim, vemos a imagem de um Touro com o olhar perseguindo as Plêiades.

Por um outro ponto de vista, a constelação de Touro também parece olhar para a constelação de Órion, que na mitologia greco-romana era representada por um caçador. Nessa mitologia, o caçador Órion perseguiu as Plêiades (na mitologia, representadas por belas mulheres) durante sete anos, mas não conseguiu nada. Então, o grande deus Zeus, que se compadeceu das belas jovens, mandou um Touro para protegê-las e assim manter Órion a distância delas. Levando em conta esse mito, Aldebaran também é associada à imagem do olho do Touro.

Essa estrela também foi observada e citada em culturas de diferentes povos. Os persas a consideravam uma das quatro “estrelas reais”, sendo ela a guardiã do leste que os ajudava a saber quando seria o equinócio vernal. Para os cabalistas judeus, a estrela é associada à primeira letra do alfabeto hebraico, Aleph, e também à primeira carta do Tarot, O Mago. Já na bruxaria tradicional italiana, Aldebaran era visto como um anjo caído.

Independente da cultura ou mitologia, o que podemos notar é como uma estrela de tamanho tão imenso foi percebida em diversas épocas da humanidade. O que nos mostra que, mesmo estando longe, uma luz que brilha no céu nunca é apenas uma luz, mas algo muito maior que inspira as pessoas.


Artigo escrito por Ricardo Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.

Compartilhar

Equipe Horóscopo Virtual

+ artigos

Site esotérico completo que reúne conteúdos como astrologia, numerologia, mapa astral, runas, tarot e diversos. Serviço de consulta rápida e prática ao horóscopo diário, semanal, mensal e anual.