Compartilhar

por Vanessa Mazza Furquim

Arcano da primeira semana de agosto: O Diabo

O Arcano desta semana é o Diabo, que fala sobre ficar obsessivo sobre algo a ponto de perder a independência emocional, focando apenas o material e o prazer sensorial.

Embora seja positivo gostarmos de nós mesmos, termos ambição para melhorar de vida e aceitarmos nossos instintos mais básicos, como os de sobrevivência, quando tudo isso é extrapolado, passamos a sofrer as consequências negativas de seus excessos.

Uma delas é começar a controlar e manipular os outros para que façam apenas aquilo que desejamos. Outra é nos cansarmos tão rapidamente do que conquistamos que vivemos em constante insatisfação, mesmo rodeados de boas coisas e de relacionamentos benéficos.

Arcano da Semana.

Por isso, é importante sempre encontrar um equilíbrio entre os aspectos físico e espiritual, o material e o emocional, entre o que o outro quer e aquilo que é realmente adequado para nós.

Logo, use os próximos dias desta semana para perceber onde está o seu desequilíbrio atual, questionando-se: “Eu estou me negando tudo? Ou me permitindo tudo? Eu fico obcecado com as coisas e, quando as consigo, perco logo o interesse e as deixo de lado? Onde está a essência da minha vida? Ou ainda, será que aquilo que quero é o que posso de fato querer?”.

Uma dica para sair desses extremos é não tentar ser feliz apenas por si mesmo, pois assim você acabará ultrapassando seus limites e perdendo a noção de moralidade e ética.

Ou seja, o status social e a diversão que busca terão um alto preço cobrado pelas pessoas ao redor, que deixarão de confiar em você (e geralmente só percebemos o valor que familiares e amigos têm para nós depois que os perdemos, não é mesmo?).

Você também pode gostar:

Enfim, quando ficamos cegos pelo ego, pela ambição e pela paixão, depois que estes são saciados, é muito provável que nos sufoquemos com a culpa, a insatisfação e a desilusão, principalmente se não levarmos todas essas questões acima em consideração.

Compartilhar

Vanessa Mazza Furquim

+ artigos

Taróloga há 25 anos, atua profissionalmente desde 2007, com uma abordagem holística para compreender o cliente em sua totalidade. Além disso, escreve sobre o Tarô e ensina outras pessoas a melhor utilizá-lo.