por Paulo Bregantin

Reflexão sobre a Copa do Mundo

Hoje, eu fiquei repensando sobre as críticas que tenho lido e assistido sobre os jogadores e as pessoas tidas como “brasileiras”, será que estamos vivendo como? Será que ser “brasileiro” é bom? Ou não? Essas ações que temos de falar mal das pessoas, de si mesmo e expor pessoas sem saber o que aconteceu de “real” ou não, onde aprendemos isso? Quando? Por que não podemos falar bem das pessoas e evitar expor os amigos e as pessoas que respeitamos?  

De onde vem essa angústia ou desejo de fazer mal aos outros? Não sei quem eu sou? Ou sei muito bem quem sou? Onde está o amor e a paz que nos ensinaram quando éramos mais crianças e jovens? Essas duas palavras estão dentro de nós? A tristeza de ser “brasileiro” nos faz infelizes e tristes? Estou pensando nisso e gostaria de repetir com vocês para pensarmos em amor e em paz. O que acha? Ser brasileiro é bom? Eu creio que é muito bom e me faz alguém bom e diferente.

Como você pensa em ser um brasileiro? E será que vale ressignificar? Todos temos dúvidas de como reconfigurar, pois estamos sempre acostumados com as nossas configurações. Ressignificar se trata de mudanças. Mudanças são processos divinos que nos acontecem. 

Leia mais e reflita sobre o processo de ressignificação na sua jornada!

Ressignificação é preciso, mas não é "preciso".

Ressignificar é complexo, pois implicada em mexer nos mais profundos dos "arquivos" (ensinamentos) e redefinir o "o que" e "o como" somos... 

Ressignificar implica em entender que o "como" está funcionando necessita de um "upgrade" para continuar melhor e mais produtivo. 

Ressignificar é a adaptabilidade ante o que o mundo "atual" nos oferece. É entendimento, mesmo não "gostando".

Mesmo lendo o "manual" da reconfiguração, podemos correr o risco de sofrer no processo de se ressignificar.

Ressignificar é conferir o que está certo e errado, mudar o que for preciso e continuar! Sim! Continuar... Ninguém está só. Boa noite, bons amigos(as) e familiares! 

É preciso ressignificar a mente, comportamentos, alma e espírito para enfrentarmos algumas posições que a vida nos oferece. 

Ressignificar é um processo individual e que não necessita de ninguém para se iniciar. Às vezes, é aceitar o óbvio. 

Nenhuma Ressignificação vem de forma indolor, muitas acontecem em meio às dores (mudanças). Mudar dói.

Ressignificar é abrir os olhos da alma para as mudanças que se aparentam na vida. 

Ressignificar é entender que o novo sempre chega e não pede licença!

Ressignificar é mudar o modo operante para as tomadas de decisões. É mudar o "jeito" de ser.

Ressignificar é mudar comportamentos e pensamentos. 

Ressignificar é aceitar o que a vida oferece! É crer que a vida pode oferecer possibilidades de renovo! 

Ressignificar a vida é um desafio para os que viveram revés na vida!

“O que é Ressignificar? É um verbo transitivo que caracteriza a ação de atribuir um novo significado a algo ou alguém.” 

Paulo Bregantin

+ artigos

Mais de 25 anos dedicado ao cuidado de pessoas, sendo Psicanalista Clínico e escritor com várias obras publicadas. Atua nas redes sociais como dono, gerenciando a página Paulo Bregantin e o Grupo Psicanálise Integrativa.

facebook /Paulo-Bregantin