por Mia Vilela

Virgem e os relacionamentos

O sexto artigo da série sobre os signos e os relacionamentos se trata de Virgem, o aparente calmo, mas internamente ansioso do Zodíaco. 

Virgem gosta de tudo que é belo e limpo, portanto, desordem acompanhada de sujeira, em regra, são ingredientes de como perder um(a) virginiano(a) em dez dias! 

Aparentemente calmos, guardam uma angústia e ansiedade crônicas por dentro, assim, precisam de apoio diário de seu círculo de relacionamentos. Pessoas muito pessimistas ou negativas fazem mal às pessoas de Virgem. 

Doces e carinhosos, se dão bem em relacionamentos pessoais em que haja bastante afeto e carinho. Mas como um bom signo de Terra, tem resiliência para suportar relacionamentos em que toda a tarefa diária recai sobre as suas cabeças e onde o(a) parceiro(a) demanda mais do que dá. Contudo, isso alimenta a sua necessidade de serem úteis, mas não sua necessidade íntima de paz. 

No trabalho, tendem a ser incansáveis e a se realizarem pela produção que são capazes de gerar, dependendo pouco de respostas externas. São mais práticos, precisam de pouco elogio e entendem que se há mais demanda, isso já significa que produziram bem. 

Sua ansiedade não externalizada pode lhes gerar crises de estresse que costumam se manifestar em problemas de saúde. Portanto, não é bom abusar da capacidade braçal dos(as) virginianos(as). 

Como todo signo de Terra, procuram alguma segurança material, mas seu maior valor é a capacidade de gerar essa segurança e não a segurança em si. Virgem é um signo de certa forma espiritual e que valoriza relações sinceras e bem alicerçadas. O companheirismo vem antes do mundo material, mas ambos são importantes. 

Sua maneira de demonstrar amor é ajudando em termos práticos quando o outro (qualquer outro) mais precisa. Tal como Peixes, seu signo oposto, têm a capacidade de ajudar o próximo desinteressadamente, ainda que jamais o tenham visto. 

São muito críticos, então, prepare-se para ser criticado diariamente. A função de Virgem no mundo é diagnosticar o que está errado e apontar, fazem isso naturalmente e não por mal. Assim, quem convive de perto com essas pessoas deve ter uma boa dose de ânimo para mudar a si mesmo em busca de se tornar uma pessoa melhor a cada dia. 

Virginianos(as) não devem ter seus defeitos apontados com frequência, porque eles mesmos já fazem isso 24h/dia, 365 dias/ano, e uma pressão externa nesse sentido serve apenas para aumentar a sua ansiedade e angústia. Pode ter certeza: eles sabem de cada pequeno defeito de si mesmos e, no devido tempo, irão buscar consertá-los. Aponte-os com afeto, ajudando-os(as) a lidar com tanta pressão interna. 

Virgem é um signo mutável e comunicativo, gostam de vida social, mas são criteriosos na escolha de quem faz parte dela. Assim, respeite o tempo e espaço deles quando não quiserem se misturar muito em alguma ocasião. 

Espere uma pessoa resiliente, que pouco se abala com fatores externos, mas que vive preocupada com algo e, no fundo, busca a paz em um ambiente limpo e com saúde. A saúde lhes é muito cara e esses nativos procuram cuidar dela e da sua também. Costumam ser discretos e educados e não têm paciência com gente intrometida ou grossa, mas sua delicadeza os impede de revidar na mesma moeda, de modo que apenas o tratarão com certa reserva se você for assim. 

Relacionar-se com virginianos(as) costuma ser de certo modo fácil, desde que você esteja disposto a ser o melhor que puder ser... Essa gente é exigente, sabe!? Mas pense em alguém que vai estar ao seu lado mesmo na pior das doenças e dificuldades, então, encontrou! Tudo tem seu preço. 

Confira também:

Mia Vilela

+ artigos

Mia Vilela é astróloga desde 2004, formada pela Regulus Astrologia. Suas consultas são voltadas ao autoconhecimento e previsões.

Desde a infância Mia sempre foi muito curiosa acerca da Astrologia, pois sua natureza controladora a fez desejar desvendar os mistérios do destino: como assim não podemos controlá-lo? Acabou por aprender que a nossa personalidade é o nosso destino e percebeu que a Astrologia, antes de um oráculo, é uma ótima ferramenta de autoconhecimento, bem como uma das inúmeras fontes de conhecimento sobre o funcionamento da personalidade humana.

Por meio de uma linguagem acessível, Mia espera poder compartilhar o que aprendeu e tem aprendido nesses anos, a fim de que mais pessoas possam ter acesso ao que a Astrologia tem a nos ensinar. Com isso, espera contribuir com uma sementinha para que os leitores depositem um olhar mais profundo sobre si mesmos, entendendo que, ao mudarmos nós mesmos, mudamos o mundo à nossa volta.